sábado, 30 de abril de 2011

Carros de Rádio Controle uma paixão nacional...

O automodelismo é uma "febre" entre os japoneses, parece brincadeira de criança mais existem até campeonatos em várias partes do mundo voltados aos amantes deste esporte. O hobby no Japão é interessante, vejo que a maioria destes aficionados são adultos, além dos carros elétricos existem aqueles modelos movidos a combustível que chegam a atingir uma velocidade surpreendente.

Perto de onde moro, tem uma pista onde são disputados vários campeonatos regionais, e a estrutura das equipes e competidores é incrível. A empresa Yokomo, fabrica uma enorme variedade de carros de RC e organiza algumas competições pelo país. Para quem acompanha as etapas da D1 Séries, que é a liga profissional de Drift do Japão, já deve ter visto que ao lado das arenas montadas para as competições oficiais, sempre tem uma pista destinada aos amantes dos carrinhos de RC.


Os modelos são réplicas perfeitas, os próprios pilotos profissionais da D1 gostam de aproveitar os intervalos das baterias para poder brincar com os fãs. Para quem curti o Drift, os modelos utilizados conseguem fazer as mesmas manobras que os carros de verdade fazem na pista, confesso que é difícil dominar as técnicas até já tentei brincar com a galera, mais sem chances. Outro tipo de modelo bastante procurado são as réplicas dos carros da SuperGT, categoria de Gran Turismo no Japão. Na foto acima, pilotos da D1 aproveitando a folga para se divertir.

                                    
Para aqueles que gostam deste hobby e quer competir, o investimento no início seria de cerca de 40 mil Yenes no Japão ou R$ 800 reais convertidos para a moeda brasileira, este valor é de um carro elétrico novo com uma boa potência,(carro+ferramentas) . Abaixo foto de um carro da categoria SuperGT.

                                 
Mas paixão não tem preço e vários aficionados gastam um bom dinheiro com este hobby, mas existem carrinhos bem mais em conta, só para brincar por ai sem compromisso. Separei dois vídeos demonstrativos com essas réplicas de RC em ação.





Fotos Rogério Lima

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Bernie Ecclestone vai esperar um pouco mais para decidir sobre GP do Bahrein...

O chefão da Fórmula 1 Bernie Ecclestone disse em entrevista à Reuters, que poderá esperar mais um pouco para decidir se haverá ou não o GP do Bahrein, prova que seria a abertura da temporada 2011 e foi cancelada. Por causa dos problemas políticos do país e por medida de segurança a corrida no Bahrein não foi realizada e o prazo para remarcar uma nota data termina no dia 1 de Maio.

Ecclestone (80) anos, "Precisamos esperar um pouco para ver exatamente o quanto de progresso será feito. Suponho que estaríamos seguros no início de Junho ou algo assim, as coisas podem mudar em duas semanas, por isso não sei. De repente tudo pode estar em paz dentro de um mês".

O Grande Prêmio do Bahrein, deveria ser realizado no dia 13 de Março, a FIA ainda não declarou nada a respeito, o presidente da entidade Jean Todt deverá se reunir com Ecclestone e anunciar a decisão. O chefão da F1 comentou sobre o GP da Turquia do próximo ano, ele acredita que poderá haver um acordo e manter a corrida em Istambul, e aproveitou para negar os "rumores" que de vai vender a F1 para o empresário Rupert Murdoch. 

Niki Lauda fala sobre o futuro de Felipe Massa e Mark Webber...

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Niki Lauda, em entrevista a imprensa alemã, comentou a situação dos pilotos Felipe Massa e Mark Webber na atual temporada da F1. Segundo Lauda, ambos os pilotos tiveram um período tumultuoso na temporada passada, Massa que após o acidente no GP da Hungria de 2009, não fez uma boa temporada em 2010 e Webber embora tenha chegado ao final da temporada passada como favorito ao título, acabou se envolvendo em uma briga interna na equipe RBR que prejudicou seu campeonato.

Em 2011 a situação é outra, o brasileiro Felipe Massa, vem se recuperando em relação ao companheiro de equipe, Fernando Alonso e Mark Webber, após uma bela corrida no último GP, poderá reverter o domínio do campeão Vettel. Será ?

Felipe Massa que completou 30 anos está semana, disse que estava feliz na Ferrari, se isso é verdade não podemos afirmar... Já a situação do australiano Mark Webber é diferente, o próprio chefe da equipe RBR, Christian Horner, andou dizendo que o ritmo e a motivação de Webber será a chave para um novo acordo para a próxima temporada.

O piloto de (34) anos, admitiu que estava feliz por um outro piloto ter conquistado a vitória na última prova que não seja o seu companheiro Vettel. Lembrando que o inglês Lewis Hamilton, da (McLaren) venceu o GP da China. E neste ponto o ex-piloto Niki Lauda, comenta que é natural a declaração de Webber, "todo piloto quer ser campeão, caso Vettel tivesse vencido a terceira corrida consecutiva abriria uma vantagem muito grande no campeonato e todos estão ali para vencer". Lauda, defende o australiano, "claro que se você estiver em um mesmo time e se quiser ser bem sucedido, você também tem que ser egoísta", acrescentou.

Para Lauda a verdade é que, se Webber e Massa novamente não apresentarem melhores desempenhos que seus companheiros de equipe em 2011, as equipes podem precisar olhar outras opções no futuro, ele acredita que Vettel e Alonso estão em um nível "superior" aos dois companheiros, mas ressalta que para serem substituídos, as equipes Ferrari e RBR primeiro tem que encontrar dois pilotos que são melhores que eles, e isso não é uma tarefa muito fácil, conclui.

A próxima etapa da F1 será o Grande Prêmio da Turquia, no dia 8 de Maio, e o retrospecto de Felipe Massa é fantástico por lá, são três vitórias no circuito de Istambul. Já a RBR, sofreu muito com seus dois pilotos na prova do ano passado, foi no GP da Turquia que a "briga" interna entre seus pilotos começou.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Team Lotus compra a Caterham...


O empresário malaio Tony Fernandes, dono da equipe Team Lotus da Fórmula 1, anunciou nesta quarta-feira a compra da Caterham, fabricante dos carros esportivos Lotus Seven, com mais essa aquisição, a empresa de Fernandes passa a controlar outra herança de Colin Chapman. A estratégia do Team Lotus com a compra da Caterham, é conquistar um mercado de carros esportivos com preços mais acessíveis, estima-se que os modelos devem ser vendidos entre £20 mil e £40 mil .

No comunicado à imprensa, Tony Fernandes disse “A Caterham Cars continua totalmente fiel à filosofia de Colin Chapman de que ‘menos é mais’. A Caterham tem um lugar único no coração do mundo motorizado. Sendo orgulhosamente britânica, a empresa já é um sucesso de vendas na Europa, Japão, Austrália e Oriente Médio".

A briga judicial entre Tony Fernandes e Dany Bahar, do Grupo Lotus, sobre os direitos de uso do nome "Lotus" ainda encontra-se nos tribunais e caso a decisão não seja em favor de Fernandes, essa negociação com Caterham, colocará mais lenha na fogueira, pois é bem provável que o Team Lotus possa mudar o nome da equipe para Team Lotus Caterham, e isso vai complicar ainda mais os planos de marketing do Grupo Lotus.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Christian Horner, largar na pole não é garantia de vitória...


O chefão da equipe Red Bull, acredita que a pole position em 2011 é menos importante do que em anos anteriores, segundo o diretor da RBR mesmo largando atrás, a estratégia das equipes em poupar pneus e fazer as trocas na hora exata é o que faz a diferença no resultado da corrida. Na última corrida da temporada o alemão Sebastian Vettel, atual líder do campeonato, largou na pole mas foi ultrapassado pelos dois carros da McLaren , e caso a estratégia da equipe fosse outra, Vettel poderia ter vencido a corrida mesmo com os problemas no (KERS).

Vettel, chegou em segundo lugar no GP da China, os pneus da RBR do campeão estavam desgastados e o vencedor da corrida Lewis Hamilton, da (McLaren), tinha pneus em melhores condições, pois fez três paradas durante a prova. Já Mark Webber, com a outra RBR, largou na décima oitava colocação e com uma estratégia de três paradas terminou a prova na terceira colocação, garantindo um pódio. O australiano até brincou dizendo que talvez seria  melhor largar nas últimas posições e fazer uma corrida de recuperação.


Brincadeiras à parte, a estratégia de Webber poderia ter dado a vitória a ele, caso a corrida tivesse mais algumas voltas, o ritmo de corrida do piloto  australiano foi sensacional com pneus macios. Christian Horner, em entrevista a imprensa italiana disse que a diferença entre os pneus novos e usados é muito grande, e isso é um ponto crucial,  saber administrar o "desgaste" na parte final da prova é fundamental.

Foto Getty Imagens

Sebastian Vettel falando sobre a novela "Ferrari"...


O campeão mundial de Fórmula 1 Sebastian Vettel, quer dar um fim em todos os "rumores" de que as mídias estão falando sobre uma possível troca de equipe, entre Red Bull Racing e Ferrari . Vettel, tem contrato com à RBR até o final da temporada de 2014.

Vettel, (23) anos, é um dos pilotos na atualidade que tem um retrospecto incrível, em 65 GPs disputados conquistou 12 vitórias, 18 poles, 22 pódios, 449 pontos na carreira e liderou 773 voltas das 3288 que participou. O jovem piloto alemão, fez sua estreia na F1 no Grande Prêmio dos EUA em 2007, quando corria pela equipe BMW Sauber, em sua primeira corrida terminou a prova na oitava colocação.

Sua primeira pole na carreira aconteceu no GP da Itália em 2008, nesta época ele já corria pela equipe Toro Rosso, e para coroar um final de semana perfeito, Sebastian Vettel venceu sua primeira corrida na F1 naquele GP da Itália, a partir deste momento a atenção da mídia esportiva passou a dedicar boa parte das notícias ao jovem e promissor piloto alemão.

Em entrevista à revista italiana Autosprint , esta semana, Vettel se recusou a descartar a possibilidade de que um dia ele poderia usar o famoso uniforme vermelho da equipe Ferrari. "Para mim, a Ferrari é uma lenda", disse ele. "Um dia, seria uma honra para mim ter meu nome na lista de pilotos da Ferrari."

Segundo a revista, Vettel passou a exaltar as virtudes da Ferrari, que soa muito parecido com um piloto que está interessado em mudar da equipe. Vettel, diz que fala com frequência sobre o assunto porque é questionado sobre isso todos os dias, ele acha que falar sobre as especulações de que  um dia acabará sendo um  piloto da Ferrari é algo natural. "Na verdade, existem duas razões: Primeiro de tudo, a Ferrari é algo especial, como eu já disse muitas vezes. A segunda razão é que eu tenho que responder a quem me pergunta sobre isso. É uma situação de auto-alimentação". 

Perguntado sobre a sua atual equipe Red Bull , Vettel diz : "Estou feliz onde estou e é por isso que eu  renovei por mais duas temporadas o meu contrato". Lembrando que, uma das exigências do campeão é que a equipe deveria permanecer a mesma,  mecânicos e engenheiros com um destaque ao projetista Adrian Newey, que Vettel não abre mão.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Autódromo da Índia apresenta a logomarca oficial...


A organização do primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 na Índia, anunciou oficialmente a logomarca do circuito de Buddh International Circuit, a prova está marcada para o dia 30 de Outubro. O circuito ainda em fase de construção, terá 5.140 km de pista e 16 curvas, o logotipo oficial tem as cores branca, verde e laranja que são as cores da bandeira da Índia.

A escolha do nome do circuito, foi feita em referência ao distrito de Gautam Buddh Nagar, que fica perto de Greate Noida, que é área onde se localiza o Autódromo da Índia. A pista foi projetada pelo arquiteto alemão Hermann Tilke, responsável pelo desenho da maioria dos novos circuitos da Fórmula 1.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Chefe da McLaren acredita que Hamilton ficará na equipe...


Martin Whitmarsh, chefe da equipe McLaren, acredita que o piloto inglês Lewis Hamilton, deverá continuar na equipe. Os "rumores" de uma possível saída do jovem campeão da F1 de 2008, deve se ao fato das últimas declarações à imprensa antes do GP da China, onde Hamilton teria dito que não estava satisfeito com a equipe McLaren.

Hamilton, (26) anos, tem contrato com a McLaren até o final da temporada de 2012, é claro que a pressão da mídia para uma renovação ainda este ano é grande. Whitmarsh, disse ao jornal inglês,"The Mail on Sunday" que "a equipe está focada em ganhar o campeonato deste ano, no próximo ano, em cinco anos e em dez anos, já que o automobilismo é o nosso negócio". A Ferrari também pode dizer isso com alguma credibilidade. Mas muitas equipes estão vendendo produtos, carros ou bebidas com alto teor de cafeína. Será que podem dizer que estão na F1 á um longo prazo ? concluiu.

Para quem não acreditava na reação da McLaren, após uma pré-temporada sem grandes resultados, e se surpreendeu com um início de campeonato promissor de seus dois pilotos e uma vitória na última prova na China, com Hamilton, vencendo a RBR e colocando mais emoção na temporada 2011, já prevê uma nova reviravolta na F1. Será que a McLaren vai conseguir manter este bom retrospecto até o final do campeonato ?

Whitmarsh, lembrou ainda que "Lewis tem uma longa carreira pela frente e acho que é inteligente o suficiente para entender que a estrutura aqui é boa para ele. Eu deixei claro para ele que quero sua permanência na equipe e Lewis disse o mesmo" . O dirigente está muito feliz após o triunfo sobre a rival RBR e com isso o clima dentro da equipe é muito bom.

sábado, 23 de abril de 2011

GP de Mônaco poderá não ter a "zona de ultrapassagem"...


A Fórmula 1 criou este ano novas regras e com isso aumentaram as chances de ultrapassagens durante as provas, uma das inovações foi a asa traseira móvel, que é acionada pelo piloto quando este tem uma diferença de 1 segundo atrás do adversário, mas existe uma "zona de ultrapassagem" determinando onde pode ser utilizada o dispositivo. As ultrapassagens continuam permitidas em todos os pontos da pista, a única diferença é que na "zona determinada" pode-se usar o (DRS).

No caso do GP de Mônaco, as equipes acreditam que seria perigoso usar este dispositivo por ser um circuito de rua onde não há grandes retas. O circuito de rua de Monte Carlo foi inaugurado em 1929, a pista tem um comprimento de 3.340 km.

O sistema (DRS) sistema de controle de arrasto ou asa traseira móvel é um sucesso na atual temporada, o piloto Nico Rosberg, da (Mercedes), já havia dito que o sistema é uma das melhores ideias da F1 dos últimos tempos. No entanto o circuito de Mônaco tem características únicas e muito pouco provável que seja permitida usar o (DRS).

Monte Carlo tem poucos pontos de ultrapassagens, as corridas geralmente não tem muitas brigas por posições a não ser no final do famoso túnel ou em algumas curvas de alta velocidade. Mas a FIA deve reunir as equipes após o GP da Turquia e anunciar se poderá ou não ser usada a asa traseira móvel.

Ainda não foi definido o local da "zona de ultrapassagem" para o próximo GP da Turquia, quarta etapa da temporada 2011 que será realizada no dia 8 de Maio. No vídeo abaixo produzido pela RBR, explica um pouco mais sobre o (KERS) e asa traseira móvel.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Fórmula 1 poderá não ser disputada na Turquia em 2012...


A próxima etapa do mundial da Fórmula 1 será disputada na Turquia e este deverá ser o último GP por lá, segundo o site espanhol diário AS, após um desentendimento entre os organizadores do GP da Turquia e o chefão da F1 Bernie Ecclestone, a corrida em 2012 não deverá ser realizada.

De acordo com os relatórios da imprensa turca, o presidente da Câmara de Comércio do país, Murat Yalcintas, teria recusado a aumentar os pagamentos para realização do evento esportivo, a nota diz ainda que o valor passaria de 13 milhões de dolares para 26 milhões. O circuito de Istambul Park foi inaugurado em Agosto de 2005 e foi projetado pelo arquiteto alemão Hermann Tilke, a pista tem 5.338 kms.

Além disso, o presidente Murat, apontou que Bernie Ecclestone, teria aumentado os valores dizendo que a F1 tem um custo elevado. Ele concluiu dizendo que "O Ministério das Finanças não fará o pagamento desta quantia, porque parece ser muito alta". Esta é a razão e ele não vai segurar a prova da Fórmula 1.

No dia 8 de Maio será realizado o Grande Prêmio da Turquia de F1, a quarta etapa da temporada 2011 poderá ser a última em território turco. O brasileiro Felipe Massa, da (Ferrari), é o piloto que mais venceu o GP da Turquia, são três vitórias nos anos de 2006/2007/2008.

Kamui Kobayashi tem a tarefa de liderar a equipe Sauber...


Peter Sauber, elogiou o trabalho do piloto japonês Kamui Kobayashi, que este ano está em sua segunda temporada completa na Fórmula 1, o papel de liderar à Sauber na atual temporada é dele, já que seu companheiro de equipe o mexicano Sergio Perez é um estreante na categoria.

Os dois pilotos tem feito um bom trabalho neste início de campeonato, o "C30" da Sauber ainda está longe de ser um carro vencedor, mais a cada prova tem demonstrando bom desempenho, o chefe da equipe Peter Sauber, afirmou que é dado um tratamento igual a seus pilotos de um ponto de vista geral.

Segundo Peter Sauber, no ano passado o japonês Kamui Kobayashi, cresceu muito como piloto e vem fazendo um trabalho importante dentro da equipe, agora o desafio de engenheiros e mecânicos é dar um carro em melhores condições de brigar por pódios ou vitórias. Nos próximos treinos livres para o GP da Turquia, a Sauber deverá testar um novo sistema de escapamento no carro de Kobayashi.

A liderança de Kamui na equipe é interessante, mas o chefão da Sauber enfatizou que os dois pilotos fazem uma grande dupla trabalhando junto. Promessa de grandes ultrapassagens nas próximas corridas, no que depender de Kobayashi a emoção é garantida...

 
Fotos Getty Imagens

Itaipava GT Brasil se prepara para 2ª Etapa no Anhembi...


A categoria Itaipava GT Brasil em sua quinta temporada, se prepara para a 2ª corrida do ano, desta vez os carros que são um "sonho de consumo" vão correr na pista de rua do Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Pela primeira vez na história da categoria de Gran Turismo, a prova não será em um "circuito". O mais interessante é que a Itaipava GT Brasil, fará a preliminar da etapa brasileira da Indy Car, com isso os "olhos" do mundo estarão voltados para a categoria brasileira.

No ano passado passei a dar uma maior atenção a essa competição, pois após uma das etapas onde consegui falar mais sobre a categoria, muitos amigos começaram a perguntar sobre a Itaipava GT, pilotos e sobre os carros, então fiz algumas matérias a respeito e tive a oportunidade de entrevistar dois pilotos da GTBR4, que foram : Marçal Melo e Carlos Burza. Pois bem, a curiosidade dos leitores é grande e sempre que posso vou postando mais notícias de mais este grande evento automobilistico.


As duplas são formadas por pilotos classificados de acordo com o currículo : Ouro, Prata e Bronze, lembrando que um piloto classe "Ouro" não pode correr sozinho, nem formar dupla com outro Ouro. Para que a categoria tenha um maior equilíbrio entre seus competidores, as duplas são divididas assim :

Ouro/Prata - lastro de 75 kgs
Outo/Bronze - lastro de 50 kgs
Prata/Prata - lastro de 50 kgs
Prata - lastro de 50 kgs (sozinho)
Prata/Bronze - lastro 25 kgs
Bronze/Bronze - sem lastro
Bronze - sem lastro (sozinho)

O Pit Stop é obrigatório e deve ser feito entre os minutos 20 e 28 da corrida, com tempo total de entrada e saída dos boxes de pelo menos 2 minutos. A corrida tem duração de 50 minutos, este ano os pneus utilizados são da fabricante Pirelli, importado da Turquia. As categorias GT3 e GT4, dividem o mesmo espaço dentro da corrida, com pontuações diferentes, o campeonato segue nos mesmos moldes da SuperGT aqui no Japão.


Na temporada 2011, entre as novidades teve a estreia de novos carros como Corvette Z06R, carro que foi o campeão da GT3 Europeia e Lamborghini Gallardo LP600. Segundo o piloto Carlos Burza, que corre na GT4 com uma Ginetta G50, este ano a  categoria terá novos carros chegando como : Mustang, Porsche e outros 3 ou 4 Ginettas.  


O piloto Carlos Burza que venceu duas corridas na etapa Itaipava GT em Curitiba no ano passado, acredita que o campeonato de 2011 será bem disputado e vai brigar por novas vitórias. Burza faz dupla com o piloto Leonado Burti. Após a etapa do Anhembi, farei uma matéria especial sobre os pilotos da equipe Crystal Racing Team. Aguardem ! Para conferir mais fotos dos carros acesse  Link 1 e Link 2

Fotos Priscila Nascimento e Carlos M.Gaudelio

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Fórmula Indy vitória de Mike Conway em Long Beach...


O inglês Mike Conway, da equipe (Andretti), venceu a terceira etapa da Indy Car disputada nas ruas de Long Beach, na Califórnia, neste último final de semana (17) de Abril, quase um ano após o acidente nas 500 Milhas de Indianápolis que acabou deixando Conway de fora do restante da temporada 2010, o inglês conquista sua primeira vitória na temporada. A corrida foi recheada de bandeiras amarelas e foi decidida nas últimas voltas, após o pit stop de Conway, ele partiu para cima de seus adversários e pulou da sexta colocação para a primeira em poucas voltas.

Na segunda posição ficou o piloto Ryan Briscoe, da equipe (Penske) e o escocês Dario Franchitti, da equipe (Chip Ganassi) que fez uma corrida estratégica e não se envolveu em acidentes completou o pódio, com isso ele reassumiu a liderança do campeonato. O australiano Will Power, que era o líder do campeonato acabou se envolvendo em um choque com o seu companheiro de equipe o brasileiro Hélio Castroneves, e chegou apenas na décima colocação.

A piloto brasileira Bia Figueiredo em sua volta a Indy Car após uma cirurgia no pulso direito, não fez uma boa corrida , logo no início da prova ela teve problemas com seu carro e perdeu um volta quando estava nos boxes, e durante a corrida perdeu o controle do carro rodando com bandeira amarela, no final Bia Figueiredo chegou em 19º. O brasileiro Tony Kanaan, da (Lotus KV) chegou em 8º lugar, Vitor Meira, da (Foyt) em 9º , Raphael Matos, da (AFS) em 11º e Hélio Castroneves, da (Penske) o 12º.

A próxima corrida será realizada nas ruas do Sambódromo no Anhembi em São Paulo - Brasil, no dia 1º de Maio.

Segue o resultado dos dez primeiros colocados em Long Beach :

1 - Mike Conway (GBR/Andretti) 1h53min11s1000 (85 voltas)
2 - Ryan Briscoe (AUS/Team Penske) a 6s3203
3 - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi) a 6s7163
4 - James Hinchcliffe (CAN/Newman-Haas) a 9s1705
5 - Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt) a 16s0177
6 - Oriol Servia (ESP/Newman-Haas) a 16s8966
7 - Danica Patrick (EUA/Andretti) a 17s5016
8 - Tony Kanaan (BRA/Lotus KV Racing) a 18s9655
9 - Vitor Meira (BRA/Foyt) a 19s4723
10 Will Power (AUS/Team Penske) a 19s8909

Vídeo da corrida na integra

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Sauber deverá testar o novo sistema de escapamento nos treinos do GP da Turquia...


A Sauber, deverá fazer seus primeiros testes com um novo escapamento nos treinos livres para o GP da Turquia, próxima etapa da temporada, o piloto japonês Kamui Kobayashi será o responsável por testar a nova peça, o modelo de escapamento desenvolvido pela equipe suíça, segue os moldes do sistema da RBR.

Peter Sauber, disse em entrevista ao site alemão Blick, que a equipe está trabalhando agora de forma intensa no carro e quando chegar à Barcelona, o novo sistema de escapamento já deverá estar pronto. Peter Sauber, sabe que tem uma dupla de pilotos rápidos e acredita que a equipe possa ser pelo menos a sexta força entre os times da Fórmula 1.

Todas as equipes estão trabalhando para melhorar seus carros para o GP da Turquia, e este sistema de escapamento desenvolvido pela Sauber é bem parecido ao testado pela Williams com o piloto Rubens Barrichello, nos treinos livres do GP da China, a equipe resolveu não utilizar na corrida do último domingo.

O modelo da RBR, vem atraindo o "olhar" das outras equipes, e no caso da McLaren após vários testes o sistema deu certo, logo na terceira corrida do ano o inglês Lewis Hamilton venceu a prova, graças as estratégias da equipe e uma grande evolução do carro. O MP4/26 utiliza um escape "idêntico" ao modelo da RBR.

Kamui Kobayashi, teve uma problema de quebra do bico do carro no GP da China, apesar de não ter comprometido o desempenho do carro, o piloto disse que saiu do carro com o macação preto por causa da sujeira que entrava dentro de seu cockpit. Kobayashi conquistou a décima posição no último GP e agradeceu a equipe por mais um bom final de semana.

Pirelli anuncia quais pneus serão usados nas próximas três corridas da F1...

A Pirelli anunciou que nas próximas três etapas da temporada 2011 da Fórmula 1, os compostos utilizados serão os pneus duro (prime) e macios (option), já no GP de Mônaco será utilizado pela primeira vez o composto supermacio (option).

Turquia – duro (prime) e macio (option)
Espanha – duro (prime) e macio (option)
Mônaco – macio (prime) e supermacio (option)

Nas próximas duas corridas serão utilizados os mesmos compostos do início da temporada, na sexta etapa da F1 em Mônaco, o supermacio entra em cena e certamente fará uma grande diferença no desempenho das equipes. Em uma pista onde as ultrapassagens são complicadas será interessante ver como ficará o desgaste dos pneus Pirelli.

ピレリ、第6戦F1モナコGPまでのタイヤ配分を発表...

ピレリは、2011年の第4戦F1トルコGPから第6戦F1モナコGPまでのタイヤ配分を発表した。

トルコGPとスペインGPは、これまでと同じハードタイヤとソフトタイヤが投入され、モナコGPではソフトとスーパーソフトの組み合わせが採用され、赤のカラーリングが採用されるスーパーソフトタイヤがグランプリデビューすることになる.

今年これまでのグランプリと同じようにエキサイティングなレースを提供できるようにサーキットのあらゆる特性を慎重に検討した」とピレリのモータースポーツディレクターを務めるポール・ヘンベルーはコメント.

特にモナコGPでは、初めてスーパーソフトタイヤが実戦で使用されるので非常に楽しみにしている。レンジの残りとはかなり異なるタイヤであり、モンテカルロの市街地では非常に効果的なはずだ.

2011年 F1 タイヤコンパウンド
開幕戦 オーストラリアGP ソフト&ハード
第2戦 マレーシアGP ソフト&ハード
第3戦 中国GP ソフト&ハード
第4戦 トルコGP ソフト&ハード
第5戦 スペインGP ソフト&ハード
第6戦 モナコGP スーパーソフト&ソフト

Podcast - Loucos por automobilismo Episódio #3

É com grande satisfação que gravamos mais um programa Loucos por Automobilismo no Japão. Desta vez após um final de semana fantástico em que as recentes mudanças técnicas da Fórmula 1 fizeram a diferença e elevaram o nível da competição. Além da Fórmula 1 também demos destaque para a F3 inglesa, em que o piloto brasileiro Felipe Nasr venceu mais uma etapa. Neste programa também demos um destaque especial para os pilotos do passado.

Obrigado pela audiência, continuem enviando suas opiniões para que possamos fazer um programa cada vez melhor. Abraços!

Daniel Gimenes, Rogério Lima e Renato Dobashi

Super GT Calendário Oficial da temporada 2011...

A organização da temporada 2011 da Super GT, anunciou oficialmente o calendário da competição, devido ao grande terremoto ocorrido no Japão no dia 11 de março, todas as competições de esportes à motor foram adiadas, com isso a abertura da Super GT será no 1 de maio no circuito de Fuji Speedway, a etapa (Rod 2) abre a temporada, o percurso total da corrida de Fuji, foi alterado de 300 kms para 400 kms.

Segue abaixo as novas datas e locais das provas :

Rod 2 - Circuito de Fuji Speedway dias 30/04 e 01 de Maio
Rod 1 - Circuito de Okayama International  dias 21 e 22 de Maio
Rod 3 - Circuito de Sepang International dias 18 e 19 de Junho
Rod 4 - Circuito de Sugo Sportsland  dias 30 e 31 de Julho
Rod 5 - Circuito de Suzuka dias 20 e 21 de Agosto
Rod 6 - Circuito de Fuji Speedway dias 10 e 11 de Setembro
Rod 7 - Circuito de Autopolis dias 01 e 2 de Outubro
Rod 8 - Circuito de Motegi Twin dias 15 e 16 de Outubro

Nos dias 12 e 13 de novembro no circuito de Fuji Speedway, será realizada um etapa especial de encerramento da temporada, as provas não valem pontos e serve como confraternização dos pilotos da categoria. A Super GT temporada 2011, terá 15 carros disputando a categoria GT500 e com a participação de um brasileiro, o piloto João Paulo de Oliveira, pela equipe Calsonic Impul com um Nissan GT-R. Já na categoria GT300, serão 23 carros disputando o título, nesta categoria não há pilotos brasileiros.

          Carro do brasileiro João Paulo de Oliveira - GT500 class

terça-feira, 19 de abril de 2011

Luca di Montezemolo pede para que a Ferrari melhore logo...

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, está insatisfeito com os resultados obtidos pela equipe italiana na atual temporada da Fórmula 1. Mesmo com o terceiro lugar no mundial de construtores, à Ferrari em três corridas não conseguiu conquistar nenhum pódio, o que preocupa o dirigente italiano que exige uma reação rápida. No último Grande Prêmio realizada na China, a Ferrari conquistou apenas uma sexta colocação com o brasileiro Felipe Massa e uma sétima posição com o espanhol Fernando Alonso.

A equipe admitiu que errou na estratégia das paradas, com a opção de apenas duas trocas de pneus os dois carros da equipe tiveram um desempenho abaixo do esperado. Montezemolo, após o GP da China em entrevista ao site da escuderia italiana diz " é um momento muito delicado para a equipe, mas precisamos reagir imediatamente, isto não é e nem pode ser o patamar da Ferrari, espero que nossos engenheiros atuem com determinação e conhecimento, dando o máximo para melhorar o carro em tempo curto".

              Felipe Massa nos boxes, com uma expressão triste...

Para uma equipe que tem a tradição de andar na frente e brigar por vitórias, a temporada 2011 tem sido difícil para o time de Maranello, e ainda o clima entre a dupla de pilotos não anda lá dos melhores. Felipe Massa, passa por um momento delicado na F1, não conseguindo voltar a pilotar como nos seus melhores dias, e para pior sua situação, tem um carro com problemas de confiabilidade e um "parceiro" de equipe que não está disposto a ajudar, pelo menos é o que parece. O brasileiro ficou muito chateado com a equipe que deu ao piloto espanhol uma nova asa dianteira para testes nos treinos livres do GP da China, a peça foi usada somente no carro de Alonso, causando uma "tensão" interna na Ferrari.

Agora é aguardar os próximos capítulos desta novela ferrarista, quem tem razão Felipe Massa ou Fernando Alonso ?  

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Olé Toro ! Por Daniel Gimenes

 
O Grande Prêmio das concubinas fez a Cidade Proibida tremer ! Poucas foram as oportunidades em que uma corrida da categoria foi tão movimentada, principalmente em seu final, como o GP da China de 2011. Pena que o chinês parece não ligar tanto para a categoria, o autódromo estava com vários lances de arquibancadas vazias, do qual foram expostas mensagens do governo ou informes publicitários. O maravilhoso autódromo de Xangai merecia estar sufocadamente lotado para o espetáculo que se desenhou em suas retas e curvas. As inovações técnicas, como o kers, as asas móveis e os pneus descartáveis da Pirelli garantiram a emoção na pista.

O resultado final, com a vitória do Robinho da McLaren, me fez ter esperanças de que a disputa venha a se equilibrar, principalmente nas pistas de alta velocidade. As diferentes táticas de pits, além do uso dos novos recursos dos carros, permitiram um revezamento nas primeiras posições, em que diversos pilotos se revezaram na ponta e na queda de rendimento. Foi uma constante na corrida, um piloto sumia na frente, outro perdia posições, depois o que sumiu perdia rendimento, e o que estava atrás recuperava força. 
 
O Botão chegou a dar pinta de que venceria no início, mas começou a jogar por terra as chances que tinha quando resolveu tomar um RedBull antes de sua parada nos boxes da McLaren. Pena que o Sebastião teve a mesma idéia, e deve que sair do drive thru antes da hora. Imagine a cara do pessoal da McLaren vendo o Botão parado nos boxes da Red Bull... Fiquei sabendo que alguns mecânicos do time cromado tiveram até crise de ciúmes, e disseram que o preferem ver feliz com outra do que infeliz na equipe. 

Mas feliz mesmo saiu o Robinho, após a tática que o devolveu a pista em melhor estado do que os ponteiros que pararam antes e após 5 voltas estavam com pneus quadrados. Aos poucos eles foram caindo, Sancho Pança da Ferrado, Sebastião da Toro Rosso, caneco nas mãos do Robinho e a garantia de que as desavenças do início da semana serão esquecidas. Ainda no campo dos ciúmes, Robinho garantiu que fidelidade tem limite. Confesso que não entendi o que ele quis dizer com isso, seria alguma mensagem para a noiva ? Acredito que não, reclamando do que sujeito ? Tem um dos melhores carros da categoria, vá correr na Marussia Virgin para ver o que é bom... 
 
Na Ferrari o Don Quixote mais uma vez andou atrás do Sancho Pança, aliás o Sancho Pança vem largando bem. Correndo pela Ferrado, nosso fiel piloto parece estar renascendo das cinzas, e se não fosse a camisinha paraguaia da qual usou para encapar os pneus, poderia ter brigado pela vitória até. Bom desempenho do Pança, espero vê-lo subindo de produção cada vez mais, e desbancar o velho cavalheiro medieval. Aliás, estou estranhando o Dom Quixote ainda não ter dado alguns pitis maiores, com o carro que tem em mãos, costuma chorar uma barbaridade. Teve grandes momentos na prova, como o duelo com o Xumacher, isso mesmo, Xumacher. A partir de hoje só o chamarei assim, pois o que ele tem levado de X, não está escrito companheiro. 

Apesar de ter sido combatente, continuo com a mesma opinião sobre o Corredor X, vai pra casa, não precisa disso. Nesta corrida o carro estava até que redondinho, mas mesmo assim tomou pau do Nicão, que diversão é esta sócio ? Andei puxando pelo youtube e vi ao longo da carreira do Xumacher diversos X que ele tomou, mesmo no auge, ele gosta, fala a verdade. Aliás dizem os boatos nos boxes que ele diz aos pilotos - “Olhem aqui, eu não sou fácil de ultrapassar, mas se forem fazer, que seja um X. Don Quixote fez o manobra do X e levou a galera ao delírio, Olé Toro! Todo mundo dá um X no Xumacher hoje, virou passarela para piloto dizer, dei um X no maior campeão da F1. A garotada agradece. Falando no Don Quixote, finalmente ele conseguiu ultrapassar ao Czar em uma prova, mas levou um suador daqueles. O Czar aliás ainda estava meio zonzo dos pulos que andou dando em Sepang, aliás, que saída de curva é aquela, para morrer um basta um pulo um pouco inclinado e uma abraço.

Na Red Bull enquanto o kers não funciona, a equipe alternou momentos de vitória, perda e recuperação. O Ogro com saudades da época da Jaguar resolveu sair lá atrás, e fez uma corrida de recuperação do qual guardou o melhor pro final, aproveitando dos pneus quadrados. Veio ultrapassando a galera com facilidade e a cada passagem com seu touro indomável, a galera gritava – Olé Toro! Sebastião perdeu o ritmo, era toro que ficava e toro que vinha, e o Robinho gritou ao final, olé Toro !


Quanto ao Rubinho Barrivelho, só me reste lamentar, coitado do Barrivelho, o carro é uma âncora, não vai nem com reza brava, isso quando não quebra. O Pastor nem teve tempo para um culto, e dificilmente terá neste ano com o carro que tem em mãos.
Até agora eu não sei dizer o que uma das Hispanias buscava fazer na pista, além de se arrastar, teve um dado momento em que eu a vi, claro, bem no fundo da imagem, fazendo zigue-zagues na pista em pleno terço final da prova. Era o carro do Don Juan ou do Gandhi ?
É isso aí, até mais galera !

Texto escrito por Daniel Gimenes, para ver mais matérias do autor acesse : www.portaldanigimenes.blogspot.com

Mark Webber em uma corrida sensacional...


O piloto da RBR, Mark Webber, conquistou uma terceira colocação surpreendente no GP da China, largando na 18ª posição, o australiano fez uma das melhores corrida de sua carreira, e só não chegou a ultrapassar seu companheiro de equipe Sebastian Vettel que chegou em segundo, porque não havia mais tempo. Webber, que teve muitos problemas em seu carro neste final de semana, não era apontado como favorito ao pódio, mas em uma corrida de recuperação superou um a uma de seus adversários, conquistando merecidamente um lugar no pódio.

Webber, precisou superar as dificuldades de seu carro, pois não pôde usar o (KERS) e com isso para fazer as ultrapassagens ou defender delas, era uma tarefa mais difícil que dos demais, a equipe que foi a responsável pelo mal desempenho na classificação, trabalhou duro para dar ao veterano piloto um carro que pudesse lutar para chegar na zona de pontuação, mas Mark Webber fez mais, e foi um dos destaques do GP da China.


Apesar da vitória da McLaren, com o inglês Lewis Hamilton, o piloto da RBR comemorou o fim do "domínio" do alemão Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe, dizendo : "Parabéns para Lewis, foi bom que ele venceu...claro que Vettel, é da minha equipe, mas ele está em uma fase incrível e estamos todos aqui lutando por vitórias". "É uma pena por um lado que a McLaren tenha vencido, mas não podemos deixar Sebastian se distanciar muito, foi uma boa corrida, um bom dia para nós da RBR em termos de equipe", concluiu.

O piloto ainda brincou dizendo que, "talvez seja melhor não participar da classificação e largar no pelotão de trás". Webber, estava muito satisfeito com seu desempenho pessoal e agradeceu a toda a equipe, engenheiros e mecânicos, que trabalharam para preparar seu carro para à corrida. Muitos apostam que está será a última temporada do veterano piloto australiano na Fórmula 1, mas desta vez Webber provou que ainda está em uma grande fase, se tivesse repetido este desempenho na última corrida de 2010, certamente ele seria o campeão da temporada passada...


Fotos Getty Imagens

Sauber fez uma corrida abaixo das expectativas no GP da China...


A Sauber, fez uma corrida "modesta" no Grande Prêmio da China, a equipe suíça caiu bem de rendimento, os dois carros não fizeram uma bom treino classificatório e largando no pelotão intermediário o desempenho ficou abaixo das expectativas, a preocupação maior agora é com a equipe Mercedes, que teve um crescimento significativo tanto nos treinos quanto na classificação, e durante a corrida só não chegou ao pódio por erros na estratégia das paradas.

O japonês Kamui Kobayashi, conseguiu a décima colocação marcando um ponto, a ultrapassagem que deu este ponto a equipe aconteceu só nas últimas voltas e apesar de lutar muito durante a corrida Kamui ficou muito tempo atrás do escocês Paul di Resta, da (Force Índia) perdendo a oportunidade de um melhor resultado.

James Key, diretor técnico da equipe acredita que a Mercedes, deu um bom passo à frente e com isso estão em uma melhor situação no campeonato, ele disse : "temos que reagir da melhor forma que pudermos e ter um fim de semana melhor na Turquia".


Kamui Kobayashi, apesar dos problemas que teve com o bico do carro, ele saiu satisfeito, o piloto japonês quando tentava se aproximar de Adrian Sutil ainda na volta 14, acabou tocando o carro da Force Índia e teve uma parte do bico quebrada, como o problema não atrapalhou o desempenho do carro, a equipe resolveu não trocar à peça no momento do pit-stop.

Sergio Perez, também teve um final de semana complicado, por coincidência ele teve problemas com o próprio Adrian Sutil, o mexicano quando tentava a ultrapassagem bateu no carro de Sutil, ele disse que foi bastante agressivo e não teve como evitar o choque, o piloto da Sauber foi punido com uma passagem sobre os boxes, que acabou comprometendo sua corrida, chegando na décima sétima colocação. Ao final da corrida ele pediu desculpas à equipe.

domingo, 17 de abril de 2011

Lewis Hamilton vence o GP da China...

A melhor corrida da temporada 2011 da Fórmula 1 foi disputada hoje em Shanghai, o inglês Lewis Hamilton, da (McLaren), venceu pela primeira vez na temporada, a 15ª vitória da carreira foi conquistada com méritos, com uma estratégia diferente da RBR de Sebastian Vettel, o piloto da McLaren foi pra cima do alemão Vettel nas últimas voltas e conseguiu a ultrapassagem sem muitas dificuldades. 

Sebastian Vettel, foi o segundo e mantém a liderança do campeonato com 21 pontos de vantagem para o vice líder Hamilton, em terceiro completou o australiano Mark Webber, da (RBR), que fez uma corrida fantástica, lembrando que Webber largou na  18ª posição.


Os dois carros da McLaren, como eu já havia previsto ontem, fizeram um corrida sensacional, logo na largada ultrapassaram o pole Vettel com facilidade, já que na largada usaram o (KERS) e no caso da RBR o sistema não funcionou corretamente, essa foi a grande vantagem do time de Woking, a equipe dos ingleses Hamilton e Button, tem um sistema que funciona muito bem pois já tinham desenvolvido o Sistema de Recuperação de Energia Cinética a mais tempo, e a "rival' RBR não tem o sistema (KERS) ainda confiável.

Um dos fatores importante foi a estratégia das equipes, algumas optaram por duas paradas e outras três, o desgaste excessivo dos pneus Pirelli, também fez a diferença, a equipe Ferrari parou apenas duas vezes, uma estratégia arriscada mas poderia ter dado certo, no final da prova por causa do "desgaste" os dois pilotos conseguiram apenas uma sexta posição com Felipe Massa e uma sétima posição com Fernando Alonso. Bom para Felipe, que terminou a prova à frente de Alonso.


A corrida começou já de forma interessante, antes da largada o carro de Hamilton apresentou um problema de vazamento de combustível, os mecânicos trabalharam exaustivamente para solucionar o defeito e conseguiram liberar o carro a 30 segundos do fechamento dos boxes, ainda no grid os mecânicos ajustavam os últimos detalhes e conseguiram resolver o problema, com isso a vitória de Hamilton é um mérito de todos.

Com várias ultrapassagens durante a prova, o Grande Prêmio da China foi até agora a melhor corrida do ano, com as novas regras da F1 vigentes em 2011, a emoção voltou as corridas, equipes que não tem um carro tão rápido, mas tem o sistema KERS e asa traseira móvel, tem grandes chances de ultrapassagens e com isso é interessante ver disputas entre todas as equipes. A vitória de Hamilton não chega a ser uma surpresa, pois o time de Woking vem em uma grande evolução, e já vinham tirando a diferença em relação a equipe austríaca desde o GP da Malásia.

Sebastin Vettel, com a segunda colocação ainda tem folga no campeonato, mas precisa urgentemente "brigar" para que a RBR resolva de vez o problema do KERS para as próximas corridas, serão duas semanas de muito trabalho para a equipe, mas a terceira posição do incansável australiano Mark Webber, é gratificante, o "segundo" piloto da equipe, sofreu com problemas no seu carro em todo final de semana, largando na  18ª posição e com três parada conquistou um pódio impressionante, com uma bela corrida de recuperação Webber da um recado para sua equipe, ele ainda está vivo na competição.


O brasileiro Rubens Barrichello, da (Williams), fez o que pôde, com um carro limitado não tem chances de chegar na zona dos pontos e terminou a corrida na 13ª colocação. Kamui Kobayashi, da (Sauber), não conseguiu fazer uma boa corrida, ele sofreu novamente com o desgate dos pneus Pirelli, terminando a corrida no circuito de Shaghai na décima colocação, conquistando mais um ponto no campeonato, este ponto lhe garante a 10ª posição na classificação do campeonato, ficando à frente de Michael Schumacher,da (Mercedes).


A Fórmula 1 segue agora para o Grande Prêmio da Turquia, que será realizado no dia 8 de Maio, as 21:00 horas, horário do Japão.

Confira o resultado final do GP da China :

1 - Lewis Hamilton (McLaren) 56 voltas
2 - Sebastian Vettel (RBR) a 5s198
3 - Mark Webber (RBR) a 7s555
4 - Jenson Button (McLaren) a 10s000
5 - Nico Rosberg (Mercedes) a 13s448
6 - Felipe Massa (Ferrari) a 15s840
7 - Fernando Alonso (Ferrari) a 30s622
8 - Michael Schumacher (Mercedes) a 31s206
9 - Vitaly Petrov (Lotus-Renault) a 57s404
10  Kamui Kobayashi (Sauber) a 1:03s273
11  Paul di Resta (Force Índia) a 1:08s757
12  Nick Heidfeld (Lotus-Renault) a 1:12s739
13  Rubens Barrichello (Williams) a 1:30s189
14  Sebastien Buemi (Toro Rosso) a 1:30s671
15  Adrian Sutil (Force Índia) a 1 volta
16  Heikki Kovalainen (Team Lotus) a 1 volta
17  Sergio Pérez (Sauber) a 1 volta
18  Pastor Maldonado (Williams) a 1 volta
19  Jarno Trulli (Team Lotus) a 1 volta
20  Jérôme d'Ambrosio (Marussia Virgin) a 2 voltas
21  Timo Glock (Marussia Virgin) a 2 voltas
22  Narain Karthikeyan (Hispania) a 2 voltas
23  Vitantonio Liuzzi (Hispania) a 2 voltas

Fotos Sutton - Getty Imagens

Pilotos da McLaren com macacões vermelhos...


Os dois pilotos da McLaren, apareceram no treino classificatório deste sábado com macacões vermelhos, um dos patrocinadores da escuderia, resolveu fazer uma homenagem à China. Além das novas cores um dragão chinês estilizado ficou estampado nas costas dos pilotos : Lewis Hamilton e Jenson Button. A novidade foi usada apenas neste treino do Grande Prêmio da China.

A dupla da McLaren deverá fazer uma boa corrida neste domingo em Shaghai, pela primeira vez na temporada estão mais próximos ao carro da RBR de Sebastian Vettel, que vai largar na pole. Lembrando que seu companheiro de equipe Mark Webber com a outra RBR, vai largar apenas na 18ª posição.

sábado, 16 de abril de 2011

Sebastian Vettel é pole para o GP da China...


Sebastian Vettel, da (RBR), continua insuperável na temporada 2011 da Fórmula 1, o atual campeão mundial da categoria e líder isolado da competição, conquistou sua 18ª pole na carreia e a terceira consecutiva, o alemão dominou todos os treinos livres do final de semana com folga e mais uma vez vai largar na frente, com o tempo de 1:33s706 Vettel superou o segundo colocado Jenson Button, da (McLaren), em 0.715s.

A dupla da McLaren fez uma excelente classificação, mas não a ponto de tirar a pole do alemão, que é um forte candidato a vitória na corrida de amanhã. O treino classificatório deste sábado foi bastante movimentado, o australiano Mark Webber, da (RBR), ficou fora na primeira parte do treino livre. Webber que tinha problemas no KERS de seu carro, foi pra pista muito tarde e com pneus duros. Sem tempo para melhorar o tempo de sua volta, foi eliminado no (Q1).


Nico Rosberg, foi muito bem hoje em Shanghai, a quarta colocação do carro da (Mercedes) que ainda tem muito que melhorar, é uma surpresa, até porque seu companheiro de equipe Michael Schumacher, vai largar apenas na décima quarta posição. Outra equipe que surpreendeu na classificação para o GP da China foi a (Toro Rosso), que pela primeira vez na temporada superou a (Sauber), e conseguiu a 7ª posição com o espanhol Jaime Alguersuari e a 9ª posição com o suíço Sebastien Buemi.


Ainda no (Q2), faltando pouco mais de 2 minutos para terminar, o russo Vitaly Petrov, da equipe (Lotus-Renault), teve um problema hidráulico e ficou parado no meio da pista, com isso a direção de prova interrompeu o treino dando bandeira vermelha, após a retirada do carro de Petrov, o treino foi reiniciado, mas o prejuízo para vários pilotos foi grande, pois não tiveram tempo suficiente para melhorar a volta e muitos foram eliminados da parte final do treino livre, o (Q3).

As equipes novatas HRT, Marussia Virgin e Team Lotus tiveram uma evolução considerável, ainda não é para comemorar, mas todas conseguirão alinhar no grid da corrida deste domingo.


O brasileiro Felipe Massa, da (Ferrari), vai largar em sexto lugar e Rubens Barrichello, da (Williams) que reclamou muito do russo Vitaly Petrov, vai largar na décima quinta colocação, a equipe de Barrichello, resolveu não usar o novo escapamento e as novas soluções na aerodinâmica de seu carro, decidindo usar o modelo utilizado nas duas primeiras corridas, que é um carro muito "fraco", contando com dois abandonos.

Kamui Kobayashi, vai largar na 13ª posição atrás do mexicano Sergio Perez com a outra Sauber, mas com um estratégia para a corrida diferente, a expectativa é novamente terminar a prova na zona de pontuação.


A corrida será bastante movimentada, com Mark Webber, da (RBR) largando apenas na 18ª posição e Nick Heildfeld, da (Lotus-Renault) na 16ª , tudo pode acontecer. Os pneus e a estratégia de cada equipe é que fará a diferença no final da prova. O Grande Prêmio da China, será realizado amanhã às 16:00 horas, horário do Japão. Sebastian Vettel é o grande favorito e terá dois grandes adversários neste GP, os pilotos da McLaren vão partir pra cima do campeão logo na largada, pois é possível que Vettel não poderá usar o KERS.


Confira o grid de largada para o GP da China :

1 - Sebastian Vettel (RBR) 1:33s706
2 - Jenson Button (McLaren) 1:34s421
3 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:34s463
4 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:34s670
5 - Fernando Alonso (Ferrari) 1:35s119
6 - Felipe Massa (Ferrari) 1:35s145
7 - Jaime Alguersuari (Toro Rosso) 1:36s158
8 - Paul di Resta (Force Índia) 1:36s190
9 - Sebastien Buemi (Toro Rosso) 1:36s203
10 Vitaly Petrov (Lotus Renault) (sem tempo no Q3)

Eliminados na segunda parte do treino: (Q2)

11 Adrian Sutil (Force Índia) 1:35s874
12 Sergio Perez (Sauber) 1:36s053
13 Kamui Kobayashi (Sauber) 1:36s236
14 Michael Schumacher (Mercedes) 1:36s457
15 Rubens Barrichello (Williams) 1:36s465
16 Nick Heidfeld (Lotus-Renault) 1:36s611
17 Pastor Maldonado (Williams) 1:36s956

Eliminados na primeira parte do treino: (Q1)

18 Mark Webber (RBR) 1:36s468
19 Heikki Kovalainen (Team Lotus) 1:37s894
20 Jarno Trulli (Team Lotus) 1:38s318
21 Jérôme d'Ambrosio (Marussia Virgin) 1:39s119
22 Timo Glock (Marussia Virgin) 1:39s708
23 Vitantonio Liuzzi (HRT) 1:40s212
24 Narain Karthikeyan (HRT) 1:40s445

Fotos Sutton e Getty Imagens