segunda-feira, 30 de junho de 2014

DTM: Augusto Farfus enfrenta etapa complicada em Norisring, mas ressalta forte ritmo em corrida.


Augusto Farfus tinha a expectativa de realizar um fim de semana bem-sucedido na etapa de Norisring, a quarta da temporada 2014 do DTM, para reverter o abandono em Hungaroring, no começo do mês. Entretanto, a jornada do piloto brasileiro nas ruas de Nuremberg não correspondeu às suas esperanças desde o início das atividades de pista, culminando com a corrida deste domingo (29).

Ao longo de todo o fim de semana, a BMW ficou atrás de Audi e Mercedes e não encontrou a melhor performance em Norisring. Com desempenho semelhante ao do ano passado, Augusto largou em 15º numa corrida que iniciou com safety car devido às condições do asfalto, bastante encharcado. A bandeira verde foi acionada na volta quatro e, dois giros depois, Farfus optou por ousar na tática na esperança de uma nova entrada do safety car durante a corrida e levou sua M4 #3 para os boxes para efetuar, de forma antecipada, sua primeira troca de pneus, colocando compostos para chuva.


O brasileiro voltou em 19º lugar, mas apresentando um bom ritmo de corrida enquanto a pista já formava um trilho seco. Muitos pilotos aproveitaram a ocasião e colocaram pneus slicks, e este foi o caso de Augusto, que voltou aos boxes na 52ª volta, quando era o 17º, e equipou seu carro com pneus macios (amarelos).

Farfus seguiu com bom desempenho, ganhou algumas posições e fez tempos de volta semelhantes aos dos líderes da prova. Entretanto, a estratégia acabou não correspondendo e o brasileiro ficou de fora da zona de pontuação, cruzando a linha de chegada em 14º. A vitória ficou com Robert Wickens, da Mercedes, enquanto o melhor posicionado da BMW foi Marco Wittmann, em sexto.


Feliz com seu forte ritmo de corrida, Augusto já está focado junto com o Team RBM para a quinta etapa, que marca o fim da primeira metade da temporada, no circuito de Moscou, em 13 de julho.

Augusto Farfus:

“Arriscamos na estratégia com um pit-stop no começo da corrida, na esperança de contarmos com um safety car durante a prova, mas infelizmente isso não aconteceu, então acabamos fazendo duas paradas, enquanto boa parte do grid fez apenas uma, o que acabou nos custando um resultado melhor. Norisring, por ser um circuito de rua, normalmente conta com intervenções do safety car, mas não foi o caso hoje. Nosso ritmo durante a corrida foi muito bom e competitivo tanto no seco quanto no molhado, e levamos isso como ponto positivo. Agora é focar na etapa de Moscou, onde tivemos bom desempenho e conseguimos um pódio no ano passado”.

Fotos: BMW - divulgação - Fonte: Eversports

F3 Euro Series: Max Verstappen unbeatable at Norisring.


Max Verstappen is the first driver to score two consecutive triple victories in the FIA Fórmula 3 European Championship. Following his clean sweep at Spa-Francorchamps, the 16-year-old Dutchman also won all three races at the 2.3 kilometres long Norisring in Nuremberg. Esteban Ocon in second place and third-placed Jordan King accompanied him on the podium. In the drivers’ standings, the son of ex-Fórmula 1 driver Jos Verstappen reduced his gap to points’ leader Esteban Ocon to 74 points.

Starting from pole position, Max Verstappen took the lead right away and turned into the first corner while leading the field. Tom Blomqvist was still second at that time, but when he took the Grundig hairpin for the first time, Jake Dennis collided with him. Following this accident, after which Dennis and Blomqvist retired, Felix Rosenqvist and Lucas Auer dropped to the back of the field. Earlier on, Roy Nissany and Jules Szymkowiak had collided; the safety car was deployed.


At the restart on lap seven, Max Verstappen managed to hold on to his lead from Ocon and King. While the first three positions remained unchanged until the end, Santino Ferrucci, Sean Gelael and Gustavo Menezes battled for fourth place. Eventually, American youngster Ferrucci had the upper hand and scored his best result to date with fourth place on his second weekend in the FIA Fórmula 3 European Championship. Menezes and Gelael took the chequered flag in fifth and sixth place respectively. For Indonesian Gelael, this was also his best result of the season so far.

Antonio Giovinazzi brought seventh place home from Lucas Auer, whose recovery saw him finish eighth. Antonio Fuoco and Tatiana Calderón also scored championship points in ninth and tenth place respectively.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “Basically, the race was similar to the dry part of the second race. I had a good start and I was able to pull a gap quite quickly. Eventually, the only thing I still had to do was to stay out of the barriers and the walls and to bring first place home safely”.

Esteban Ocon, (Prema Powerteam): “My start was good. When we drove through the Grundig hairpin for the first time, I had to open the steering to avoid a collision with Jake Dennis. He hit Tom Blomqvist and I was second after the corner. Today, Max was a little bit too quick, so I tried to control the gap to third-placed Jordan King and get the maximum score that was possible for me today by finishing second”.

Jordan King, (Carlin): “It is great to be back again where I was at the start of the season: on the podium. Almost, I was even able to take second place, but third place is good, too, particularly so as I am satisfied with my lap times”.

Photos: FIA F3 Euro Series

domingo, 29 de junho de 2014

F3 Euro Series: Fifth win in a row for Max Verstappen.


Max Verstappen, also prevailed in the rain at Norisring and claimed his fifth consecutive win in the FIA Fórmula 3 European Championship. The race started at a drying track, but rain set in again during the race. At the 2.3 kilometres long track in the centre of Nuremberg, the son of ex-Fórmula 1 driver Jos Verstappen, did everything right and won from Jordan King and Lucas Auer. Esteban Ocon, had to make do with 14th place following a drive-through penalty for causing a collision with Tom Blomqvist, but still remains in the lead of the FIA Fórmula 3 European Championship drivers’ standings.

Max Verstappen took the lead at the start, followed by Tom Blomqvist and Esteban Ocon. On the opening lap already, the first collision occurred in the midfield: Richard Goddard and Felipe Guimarães retired. Jules Szymkowiak, had to turn into the pits, just like Alexander Toril, and Michele Beretta. Only Toril and Beretta were able to continue. A safety-car intervention followed.


At the restart, Verstappen held on to his lead while Felix Rosenqvist and Jordan King overtook Santino Ferrucci, demoting the young American to seventh. On lap 17, Roy Nissany, hit the rear of the car of the only lady racer in the field, Tatiana Calderón, after which the safety car came out once more. Max Verstappen was still in the lead ahead of Tom Blomqvist and Esteban Ocon. Heavy rain then caused an interruption of the race.

Verstappen also had the best restart behind the safety car on a wet track a few minutes later and stayed in first place. Soon after that, Ocon and Blomqvist tangled, the Brit retired and the Frenchman was given a drive-through penalty. King inherited second place, Lucas Auer moved up to third as a brief safety car neutralised the race once more. With King ahead of Auer, the two crossed the finish line behind race winner Verstappen after 32 laps. Jake Dennis, finished fourth in his second race at Norisring from 16-year-old Santino Ferrucci, who already scored his first points on his second weekend in the FIA Fórmula 3 European Championship. Felix Rosenqvist, Antonio Fuoco, Nicholas Latifi, Antonio Giovinazzi and Gustavo Menezes rounded out the top ten.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “Today, conditions were anything but easy. Ma start was good and my pace in the rain wasn’t too bad either. Then, it almost went even better in the rain, but it was similar to what we had in second qualifying yesterday. We had a good balance right away and that was the case in the race, too”.

Jordan King, (Carlin): “Being on the podium after such a long time is great. My start into the race was good and I was able to move up to fourth until the red flag came out. After the restart on a wet track, I also managed to overtake Tom Blomqvist and Esteban Ocon and I was second. Then my engineer told me on the radio that Ocon had been given a drive-through penalty, I took it quite easily on the final couple of laps. Max was already too far away and from that time on, my second place was relatively safe”.

Lucas Auer, (Mücke Motorsport): “The race wasn’t easy. I was fourth right after the start, but then I lost my position again after a mistake. On a wet track, I could move up again and now I am happy with my third place. In the wet, I tried everything to score another podium finish and I succeeded”.

Photos: FIA F3 Euro Series

DTM: Augusto Farfus abre corrida no circuito de rua de Norisring na oitava fila do grid.


Palco da quarta etapa da temporada 2014 do DTM, o Campeonato Alemão de Turismo, o circuito de rua de Norisring, em Nuremberg, ofereceu mais dificuldades que o esperado para a BMW e para Augusto Farfus, único brasileiro no grid da categoria. Ao longo de todo o sábado (28), o curitibano de 30 anos buscou trabalhar no acerto da sua M4 #3 do Team RBM, mas a performance ficou aquém das expectativas do vice-campeão de 2013. Na sessão classificatória, Farfus ficou no Q2 e vai largar na 15ª posição na prova deste domingo.

Norisring tem características bem peculiares que são distintas de todos os outros circuitos do calendário do DTM. Com extensão de 2.300 metros, o traçado urbano não foi favorável à BMW, que ficou em desvantagem em relação às adversárias Audi e, principalmente, Mercedes.


Longe dos tempos mais rápidos nos dois treinos livres do dia, Farfus melhorou um pouco para a classificação. No Q1, o brasileiro cravou a 14ª marca e avançou para o segundo segmento da sessão. Entretanto, no Q2, Augusto anotou 48s329 como melhor volta e não conseguiu lutar pela pole, obtendo o 15º lugar no grid de largada. A posição de honra do grid ficou com o canadense Robert Wickens.

A previsão do tempo para domingo em Nuremberg aponta 80% de possibilidade de chuva. A corrida, com duração prevista de 83 voltas, terá início às 20:30 horário do Japão.
Augusto Farfus:


“A classificação aqui em Norisring foi bastante apertada, e a diferença entre os carros foi mínima, de modo que cada detalhe faz diferença. Mas tivemos dificuldade em acompanhar o ritmo das outras marcas desde os treinos livres. Infelizmente não tivemos um carro competitivo hoje, mas vamos focar para amanhã. A previsão para domingo é de chuva, então tudo pode acontecer”.

DTM, 4ª etapa, Norisring, grid de largada:

1 - Robert Wickens, Mercedes AMG, 47s883
2 - Paul di Resta, Mercedes AMG, 47s976
3 - Jamie Green, Rosberg Audi, 47s995
4 - Pascal Wehrlein, Mercedes AMG, 48s008
5 - Gary Paffett, Mercedes AMG, 48s033
6 - Christian Vietoris, Mercedes AMG, 48s033
7 - Mattias Ekström, Abt Audi, 48s079
8 - Marco Wittmann, RMG BMW, 48s210

9 - Adrien Tambay, Abt Audi, 48s223 - Q2
10 Nico Müller, Rosberg Audi, 48s235 - Q2
11 Maxime Martin, RMG BMW, 48s267 - Q2
12 Mike Rockenfeller, Phoenix Audi, 48s292 - Q2
13 Timo Glock, MTEK BMW, 48s316 - Q2
14 Joey Hand, RBM BMW, 48s320 - Q2
15 Augusto Farfus, RBM BMW, 48s329 - Q2
16 Bruno Spengler, Schnitzer BMW, 48s329 - Q2
17 Daniel Juncadella, Mercedes AMG, 48s375 - Q2
18 Miguel Molina, Abt Audi, 48s434 - Q2

19 Martin Tomczyk, Schnitzer BMW, 48s417 - Q1
20 Edoardo Mortara, Abt Audi, 48s439 - Q1
21 Timo Scheider, Phoenix Audi, 48s480 - Q1
22 Antonio Felix da Costa, MTEK BMW, 48s488 - Q1
23 Vitaly Petrov, Mercedes AMG, 48s544 - Q1

Fotos: BMW - divulgação

F3 Euro Series: Max Verstappen twice on pole position.


Max Verstappen currently is in great shape: first of all, he won the 16th season round of the FIA Fórmula 3 European Championship at the 2.3 kilometres long Norisring. Then, in qualifying a few hours later, he claimed the pole positions for the two races on Sunday. For the 17th race of the season, Esteban Ocon, Tom Blomqvist and Felix Rosenqvist, will line up behind Verstappen. For the 18th race, Blomqvist, Rosenqvist and Ocon will be on the first two rows of the grid behind Verstappen. 16-year-old American Santino Ferrucci, who only has his second race weekend in the FIA Fórmula 3 European Championship in Nuremberg, shone with fifth and sixth place.

Starting grid race 2
Dutch driver Max Verstappen (0:48s118), who had won the first race of the weekend in the morning, again showed a convincing performance in second qualifying. As a slight drizzle came down at the start of the session, all drivers went out onto the track immediately. Seven minutes into the session, Verstappen moved up to the top of the time sheet and stayed there. The fact that the rain got stronger also helped the 16-year-old: from the halfway point, the rain got so heavy that all drivers came into the pits. Only a few minutes before the end of the session, some drivers went out again with rain tyres. On a wet track, no fastest lap times were achieved.

Esteban Ocon (0:48s206) followed behind Verstappen while Tom Blomqvist (0:48s240), Felix Rosenqvist (0:48s310), Santino Ferrucci (0:48s444), Jordan King (0:48s447), Lucas Auer (0:48s461) and Antonio Giovinazzi (0:48s586) rounded out the top eight. In total, the fastest lap times of the first 18 drivers were within one second.

Starting grid race 3
Max Verstappen (0:48s255) also claimed first place in the ranking of the second-fastest lap times and will thus start the third race from pole position as well. Behind the triple winner from Spa-Francorchamps, Tom Blomqvist (0:48s299) followed in second place. Felix Rosenqvist (0:48s383), Esteban Ocon (0:48s384), Jordan King (0:48s520), Santino Ferrucci (0:48s553), Antonio Giovinazzi (0:48s594) and Jake Dennis (0:48s647) were classified third to eighth. Here, again, the first 19 young drivers were separated by less than one second.

Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “Because of the weather, qualifying wasn’t easy. It was clear to me that we had to set a fast lap time at the very beginning as rain threatened to increase, and that was exactly what happened. At the end, I did a few laps with rain tyres to get to know the track in the wet, too, because rain has been forecast for both races tomorrow”.

Photos: FIA F3 Euro Series

sábado, 28 de junho de 2014

Pietro Fantin faz grande corrida em Moscou e conquista primeiro pódio na World Series by Renault.


A quinta etapa da temporada 2014 da Fórmula Renault 3.5, principal categoria da World Series by Renault, teve sua primeira corrida realizada neste sábado (28), no circuito de Moscou, na Rússia, país que certamente trará boas recordações a Pietro Fantin. O brasileiro de 22 anos foi um dos destaques da prova, imprimiu ritmo consistente do começo ao fim e garantiu seu melhor resultado desde sua estreia na categoria, no ano passado, cruzando a linha de chegada em terceiro lugar. A boa performance ao longo das 29 voltas da disputa marca o início de uma nova fase para Fantin, que transformou em resultado o bom potencial exibido na pré-temporada e nas últimas etapas do campeonato.

Moscou é um circuito conhecido por ser muito travado e por impor dificuldades para ultrapassar. Desta forma, uma boa posição no grid de largada é fundamental para ser bem-sucedido. E Fantin fez a lição de casa ao marcar o quinto melhor tempo do treino classificatório, pela manhã. Como prova de que a sorte lhe voltara a sorrir, o brasileiro subiu para quarto após ter sido beneficiado pela punição imposta a Roberto Merhi, então terceiro colocado no grid.


Após a volta de apresentação, o carro de Pierre Gasly, então segundo no alinhamento inicial, apagou segundos antes da largada. Então, a direção de prova autorizou uma nova volta de apresentação, e Pietro foi beneficiado mais uma vez, subindo para terceiro lugar. Sua largada aconteceu sem problemas, sendo pressionado apenas por Merhi nos metros iniciais da prova. Depois, coube a Fantin abrir vantagem e não ser mais ameaçado. Após 29 voltas, o curitibano cruzou a linha de chegada em terceiro, garantindo seu primeiro pódio na categoria. A vitória foi de Sergey Sirotkin, que correu em casa.

O resultado deste sábado é bastante significativo para Pietro que, com os 15 pontos somados hoje já supera a campanha da sua temporada de estreia, quando marcou 14. Na classificação do campeonato, Fantin tem 20 pontos e ocupa a 14ª posição na tabela. No domingo, o cronograma da World Series by Renault é idêntico ao de hoje, com a realização da sessão classificatória e de mais uma corrida, com duração de 40 minutos mais uma volta.


Pietro Fantin:

“Estou muito feliz por ter conquistado este nosso primeiro pódio aqui em Moscou e feliz também porque a sorte virou ao nosso favor hoje. Já estávamos fazendo por merecer um bom resultado há muito tempo porque sempre tivemos muito potencial e a equipe não mediu esforços para me dar um carro competitivo. Ontem não tivemos o melhor desempenho, mas conseguimos reagir e encontrar um ótimo acerto hoje, e isso foi fundamental na classificação, que contribuiu muito para o resultado final, que refletiu nosso grande potencial. Temos tudo para cravar outro grande resultado na corrida de amanhã”.

Fotos: Dutch Photo Agency/Paolo Pellegrini - Fonte: Eversports

F3 Euro Series: Max Verstappen also wins at Norisring.


Following his triple victory at Spa-Francorchamps, 16-year-old Dutchman Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing), continued his winning streak at the 2.3 kilometres long Norisring. The son of ex-Fórmula 1 driver Jos Verstappen won the action-packed 16th season round of the FIA Fórmula 3 European Championship from Esteban Ocon, (Prema Powerteam), and Lucas Auer, (Mücke Motorsport). With his fifth win of the season, Verstappen moves up into second place of the drivers’ standings, he is currently 106 points down on the leader, Lotus F1 junior driver Esteban Ocon.

The race at the Norisring in Nuremberg had plenty of action. On the opening lap, Mitch Gilbert, (Fortec Motorsports), and Antonio Giovinazzi, (Jagonya Ayam with Carlin), collided and triggered a chain reaction. After that, Giovinazzi had to turn into the pits, just like Jules Szymkowiak, (Van Amersfoort Racing). Dennis van de Laar, (Prema Powerteam), retired.

Racing resumed after three laps and Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport), stayed in the lead from Esteban Ocon and Tom Blomqvist, (Jagonya Ayam with Carlin). Soon after that, Blomqvist damaged the front wing of his car and came into the pits for a replacement. Thus, he lost his third place to Lucas Auer. After Antonio Fuoco, (Prema Powerteam), and Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing), collided, the safety car was deployed for the second time.


Esteban Ocon used the second restart of the race to claim the lead, but the Frenchman only held on to the top position for a brief while until Max Verstappen overtook him. After Tatiana Calderón, (Jo Zeller Racing), had hit the wall and Antonio Giovinazzi failed to steer away from the car of the only lady racer in the field, the safety car was deployed for the third tme. Just before the end of the race, Jordan King, (Carlin), provoked the fourth and final safety car intervention as he lost the front wing of his car on the track.

After 37 laps, Max Verstappen won from Esteban Ocon, Lucas Auer, Nicholas Latifi, (Prema Powerteam), Jake Dennis, (Carlin), Felix Rosenqvist, Roy Nissany, (Mücke Motorsport), Felix Serralles, (Team West-Tec F3), Sean Gelael, (Jagonya Ayam with Carlin), and Tom Blomqvist. Israeli Roy Nissany and Indonesian Sean Galeal scored their best results of the season to date.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “In the battles during the early stages of the race, I had almost ruined the nose of my car. After that, I found a good pace, I was able to close up to the two drivers in front of me and then I also managed to overtake them. After that, I could control the race. My car was great and winning at the Norisring is fantastic”.

Esteban Ocon, (Prema Powerteam): “My start was good, I slotted in behind Felix Rosenqvist. After the second safety car intervention, I overtook Felix and led the race for a while until Max overtook me three laps later. My speed wasn’t very good that is something we now have to work on. After Tom Blomqvist ran into the back of my car, I was worried initially that my car could be damaged, but fortunately, things worked out well for me”.

Lucas Auer, (Mücke Motorsport): “My start was okay, I was able to keep my position. When Tom Blomqvist turned into the pits to get a new front wing, I was third. Later on, I was in a nice battle with my team-mate Felix Rosenqvist in which I managed to come out on top”.

Photos: FIA F3 Euro Series

sexta-feira, 27 de junho de 2014

World Series: Pietro Fantin encara quinta etapa da temporada focado em volta por cima em Moscou.


A temporada 2014 da Fórmula Renault 3.5, principal categoria da World Series by Renault, chega à sua metade com a disputa da quinta etapa do campeonato, no travado circuito de Moscou, neste fim de semana (28 e 29 de junho). O traçado russo, de 3.931 metros, representa para Pietro Fantin a chance de dar a volta por cima depois de uma primeira fase um tanto complicada e marcada pela falta de sorte. Entretanto, o único brasileiro da categoria confia no seu potencial e no trabalho da Draco Racing para voltar ao rol dos pontuadores e deixar os tempos difíceis para trás.

Motivos não faltam para que o curitibano de 22 anos fique animado para a jornada que se aproxima em Moscou. Primeiro, por conta do seu apreço pelo circuito russo. Apesar de ser bastante exigente e oferecer poucos pontos de ultrapassagem, o traçado moscovita foi palco de um bom desempenho por parte de Pietro, que conquistou um top 10 em uma das provas no ano passado. Além disso, o piloto aposta na força da Draco Racing, que vem entregando a Fantin um carro competitivo, como se viu em Spa-Francorchamps, etapa realizada há pouco mais de um mês, em que o brasileiro largou nas primeiras filas nas duas corridas, mas sofreu toques na primeira volta de cada uma das duas provas, que o obrigaram a abandonar a disputa.


Durante o hiato entre Spa e Moscou, Pietro se dedicou a treinos físicos e muitas sessões no simulador para ajudar no seu objetivo de somar pontos importantes e voltar a exibir bom potencial no campeonato. A quinta etapa da temporada começa na sexta-feira com a realização de dois treinos livres, enquanto o cronograma se repete no sábado e no domingo com a sessão classificatória pela manhã e a corrida, com 40 minutos mais uma volta de duração, fechando o dia no Moscow Raceway.


Pietro Fantin:

“Estou bem animado para a etapa de Moscou. Tive um bom ritmo de corrida lá no ano passado, andei bem próximo ao meu companheiro de equipe e me adaptei bem à pista. A Draco vem fazendo um bom trabalho, com um carro competitivo ao longo do ano, então acredito que será assim na Rússia. Esse intervalo foi positivo porque tivemos a chance de intensificar os trabalhos na sede da nossa equipe, e agora chegou a hora de dar a volta por cima e reagir na temporada com bons pontos, já que temos potencial para isso”.

Fotos: Paolo Pellegrini - Fonte: Eversports

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Líder da F-Renault Eurocup, Bruno Bonifácio corre terceira etapa da temporada no circuito de Moscou.


A terceira etapa da temporada 2014 da Fórmula Renault Eurocup 2.0 será disputada neste fim de semana (27 a 29 de junho) no exigente circuito de Moscou. A rodada dupla na capital russa encerra um primeiro semestre muito bem-sucedido para Bruno Bonifácio: em seis corridas já disputadas - sendo quatro na divisão Eurocup da Fórmula Renault e outras duas na divisão Alps, em Ímola -, o brasileiro de 19 anos foi ao pódio em todas elas, sendo que na última prova, em Spa-Francorchamps, há quase um mês, venceu a corrida e empatou na liderança do campeonato com o holandês Nyck de Vries, ambos com 70 pontos.

Único brasileiro a disputar a temporada completa da Fórmula Renault Eurocup, uma das principais categorias de base do automobilismo mundial, Bonifácio trabalhou intensamente com sua equipe, a Prema Powerteam, desde a última etapa na Bélgica, visando continuar na ponta do campeonato.


Com extensão de 3.931 metros, Moscow Raceway é bastante travado e conta com poucos pontos de ultrapassagem. Desta forma, Bonifácio entende que obter uma boa colocação na classificação é fundamental para a conquista de grandes resultados nesta rodada dupla. Outro fator que promete movimentar a disputa na Rússia é o clima, sobretudo no sábado, uma vez que há 60% de possibilidade de chuva para o dia da primeira corrida do fim de semana.

As atividades de pista em Moscou começam na sexta-feira com a realização de dois treinos livres, cada um com duração de uma hora. No sábado, Bruno Bonifácio volta à pista para encarar a sessão classificatória e a primeira corrida da etapa, com duração de 25 minutos mais uma volta. O cronograma da etapa russa da Fórmula Renault Eurocup se encerra no domingo, com mais uma tomada de tempos e a segunda prova do fim de semana.


Bruno Bonifácio:

“A expectativa para este fim de semana é muito boa. Temos potencial para alcançarmos um grande trabalho em Moscou, trazer ótimos resultados e manter a consistência que tem sido fundamental para nós no campeonato. Trata-se de um circuito com poucos pontos de ultrapassagem, de modo que classificar bem será decisivo para alcançarmos nossos objetivos. Tenho os pés no chão, mas estou confiante em manter essa boa fase e fechar bem o primeiro semestre”.

Fotos: Paolo Pellegrini/Prema Powerteam - Fonte: Eversports

DTM: Otimista, Augusto Farfus disputa etapa de Norisring em busca de recuperação na temporada.


Após quatro semanas de pausa, os pilotos e equipes do DTM, o Campeonato Alemão de Turismo, voltam a se reunir para a disputa da quarta etapa da temporada 2014. Norisring, um dos mais tradicionais circuitos do automobilismo alemão, recebe a categoria neste fim de semana (27 a 29 de junho). O traçado localizado nas ruas de Nuremberg sempre conta com público maciço e atmosfera incrível, e não deve ser diferente nos próximos dias. Para Augusto Farfus, trata-se de uma grande oportunidade para somar pontos importantes e buscar a recuperação no campeonato.

Com 2.300 metros de extensão, Norisring é o circuito mais curto do calendário. A pista compreende duas grandes retas e, nos seus extremos, dois hairpins (curvas com ângulos bem fechados), além das ondulações no asfalto, típicas de um circuito de rua. Desta forma, o grande desafio é encontrar o acerto ideal que funcione bem tanto nos trechos mais rápidos quanto na frenagem nas curvas. Além disso, a estratégia será de grande importância, já que a corrida será longa, com 83 voltas. Outro fator que também pode ser decisivo é o clima, já que a previsão para domingo, dia da prova, é de 80% de possibilidade de chuva em Nuremberg.


Nono colocado no campeonato, com 14 pontos, o piloto brasileiro terá a chance de dar a volta por cima em Norisring depois de um começo de temporada complicado. Oitavo lugar na etapa de abertura, em Hockenheim, e quinto no circuito de Oschersleben, Augusto teve seu melhor desempenho em treinos classificatórios em Hungaroring, mas não deu sorte na corrida e sofreu com problemas no sistema de freios, tendo de abandonar a disputa. Entretanto, Farfus destacou seu otimismo para a quarta prova do campeonato e acredita no potencial da BMW.

A grande novidade do fim de semana compreende uma alteração no formato dos treinos livres. A partir desta etapa, serão duas sessões de uma hora cada, enquanto até Hungaroring era realizada apenas uma sessão, de noventa minutos. Farfus aprovou a mudança e entende que haverá mais tempo para que equipe e pilotos, entre uma sessão e outra, estudem melhor o acerto do carro e as mudanças a serem tomadas.


O cronograma da etapa de Norisring começa na sexta-feira com a execução de um shakedown, no fim da tarde. No sábado, serão dois treinos livres no período da manhã e, na parte da tarde, a sessão classificatória. No domingo acontece a corrida, com largada prevista para 20:30 (horário do Japão).

Augusto Farfus:

“Estou muito feliz por voltar a correr em Norisring, um circuito muito tradicional que reúne atmosfera incrível e um grande público. No papel, parece um circuito fácil pelas suas características, mas é muito exigente e extremamente difícil para encontrar um equilíbrio entre a parte rápida e os trechos mais lentos. Durante essas quatro semanas de intervalo, tivemos uma boa visão de como foi a temporada até agora para nós, então acredito que vamos chegar muito mais preparados neste fim de semana e temos tudo para sairmos de lá com um bom resultado. O novo formato dos treinos livres vai nos ajudar porque teremos mais tempo, entre uma sessão e outra, de estudar melhor o acerto do carro e a direção a ser tomada. Então estou indo para Norisring bastante otimista e confiante no nosso potencial”.

Fotos: BMW - divulgação - Fonte: Eversports

quarta-feira, 25 de junho de 2014

F3 Euro Series: Norisring stages season half-time event.


Just a week after having mastered the demanding Fórmula 1 circuit of Spa-Francorchamps, a.k.a. the Ardennes Rollercoaster, the young Fórmula 3 drivers now will have to face a completely different challenge: Nuremberg’s Norisring - a street circuit and with a length of 2.3 kilometres the shortest track on the FIA Fórmula 3 European Championship calendar. Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport) and Felix Serralles, (Team West-Tec F3), have particularly fond memories of Nuremberg. While the Swede won one of the races of the 2013 Norisring meeting and made it to the podium in the other two, Puerto Rico’s Serralles secured two Norisring podiums in 2012.

Both Rosenqvist and Serralles must score as many points as possible, this weekend. With 15 races contested, the Swede holds only sixth position in the championship and Felix Seralles has to settle for being only 11th. Last weekend in Belgium, however, the 21-year-old Puerto Rican and his Team West-Tec F3 - a newcomer team on the FIA Fórmula 3 European Championship grid - demonstrated their potential and came very close to securing a podium.


Meanwhile, three of the top-five positions in the championship are held by extremely competitive Fórmula 3 rookies. France’s Lotus F1 Junior Esteban Ocon, (Prema Powerteam), is the championship leader, with the experienced Briton Tom Blomqvist following 94 points behind in second position. Rookie Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing), won all the three Spa-Francorchamps rounds and consequently leaped to third place. With a total of four race wins, the Dutchman overtook Austria’s Lucas Auer, (Mücke Motorsport), who is tied for points with Verstappen. Italian Antonio Fuoco, (Prema Powerteam), a Ferrari Driver Academy protégé, holds fifth place and is the third rookie among the five top-placed drivers. All the three rookies are going to contest their first races at the Norisring while Blomqvist and Auer already know the circuit located in the heart of Nuremberg.


Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport): “The Norisring layout looks easy but racing here is anything but a walk in the park. Furthermore, the racing is that close - particularly in the qualifying sessions -, that the slightest mistake can cost you numerous positions. On the positive side we’ve got the fact that the Norisring offers overtaking opportunities. I’ve got fond memories of this venue as the 2013 race meeting went really well, for me. In the years before I had my problems with the track but last year I realised that consistent work can pay off and helps you to even deliver at tracks that you believed to not suit you. My goal for the coming weekend: wins and many points to reduce my deficit in the championship”.

Photos: FIA F3 Euro Series

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Gustavo Lima conclui terceira etapa da F4 Inglesa com dois top 10 no circuito de Snetterton.


Gustavo Lima fechou neste domingo a terceira etapa da temporada 2014 da F4 Inglesa, disputada neste fim de semana (21 e 22) no circuito de Snetterton. Ainda que não tenha brigado diretamente pela vitória nas três corridas da rodada, o brasileiro foi presença constante no rol dos dez primeiros colocados. Sexto colocado na corrida de sábado, o piloto da Hillspeed concluiu a prova 2, na manhã de domingo, em quarto lugar, e finalizou a última corrida na décima posição. A combinação dos resultados foi favorável a Gustavo, que ganhou uma colocação e agora ocupa o sétimo posto no campeonato após nove corridas.

Lima abriu a corrida 2 na terceira posição do grid. O início da corrida foi marcado pela entrada do safety car em decorrência de um incidente envolvendo três carros. O brasiliense de 17 anos, que havia perdido uma posição, reagiu e voltou ao top 3, mas sofreu duas ultrapassagens e ficou em quinto, sua colocação final após nove voltas. No entanto, o piloto foi beneficiado pela punição imposta a Raoul Hyman (por guiar de forma incompatível com a segurança geral) e subiu para quarto.


Na corrida derradeira do fim de semana, Gustavo largou em 14º, após perder cinco posições no grid por ter feito sua volta mais rápida melhorando um trecho sinalizado por bandeira amarela. Novamente, a disputa contou com um safety car logo no início. Mas depois que a normalidade foi restabelecida, Lima buscou a recuperação e ganhou posições importantes. Mesmo numa corrida bastante equilibrada, o jovem conseguiu a décima colocação em Snetterton.

Após a terceira etapa da temporada, Gustavo Lima tem 132 pontos e está a apenas sete pontos do sexto colocado na tabela de classificação. A próxima rodada tripla da F4 Inglesa será realizada entre os dias 18 e 19 de julho, em Oulton Park.


Gustavo Lima:

“Tenho de reconhecer que a etapa deste fim de semana, como um todo, não foi da maneira que eu esperava. Entretanto, em termos de campeonato, conseguimos somar pontos importantes e subir na classificação. Agora temos de trabalhar ainda mais e focar na próxima etapa, em Oulton Park, dentro de um mês, e lutar para voltar ao pódio, buscar mais vitórias e fechar bem essa primeira metade da temporada”.

Fotos: Jakob Ebrey Photography - Fonte: Eversports

domingo, 22 de junho de 2014

F3 Euro Series: Max Verstappen scores a hat-trick at Spa.


Belgian-based Dutchman Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing), also won the third FIA Fórmula 3 European Championship race at the demanding 7.004 kilometres long track of Spa-Francorchamps. The 16-year-old prevailed in the duel against Esteban Ocon, (Prema Powerteam), and demoted the Lotus F1 junior driver to second place. Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing), ended up third after beating Felix Serralles, (Team West-Tec F3), in a tight duel. Serralles scored the best result to date for his team in its first season in the series. Thanks to his triple victory, Verstappen moved up to third in the drivers’ standings, equal on points with Austrian Lucas Auer, (Mücke Motorsport). Frenchman Esteban Ocon extended his lead in the championship standings to an advantage of 94 points from runner-up Tom Blomqvist, (Jagonya Ayam with Carlin).

The third FIA Fórmula 3 European Championship race at the Belgian Fórmula 1 track again was good for entertaining position fights and overtaking manoeuvres. At the start, Esteban Ocon took the lead from pole position, but John Bryant-Meisner, (Fortec Motorsports), overtook him on the opening lap. Ocon countered a few metres later and restored the former order still before the first lap was completed. On lap two, Max Verstappen attacked the Frenchman and overtook him for the lead. After a battle over many laps, the Dutchman eventually drove victory home.

Not only the fight for the lead between Verstappen and Ocon, but also the battle for third could hardly have been more exciting. Gustavo Menezes and Felix Serralles swapped positions several times; eventually, Menezes scored his second FIA Fórmula 3 European Championship podium finish. Due to a safety car intervention following a spin by Hector Hurst, (Team West-Tec F3), who had been involved in a collision with Antonio Giovinazzi, (Jagonya Ayam with Carlin), Nicholas Latifi, (Prema Powerteam), and Tom Blomqvist, (Jagonya Ayam with Carlin), were also able to take part in the battle for third. Behind Serralles, Latifi took the chequered flag in fifth place, Blomqvist finished sixth. Jake Dennis, (Carlin), Jules Szymkowiak, (Van Amersfoort Racing), Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport) and Jordan King, (Carlin), rounded out the top ten.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “My start was okay and I was third after the first corner. After a few good battles, I managed to take the lead one lap later and I held on to it until the finish. To be honest, I hadn’t thought that I could move up from third to first place straight away. All in all, it has been a fantastic weekend for me”.

Esteban Ocon, (Prema Powerteam): “The race wasn’t easy. I was first in the first corner but then Max overtook me. After that, I didn’t want to take too many risks and rather settle for the points for second place. This weekend wasn’t one of my best, but I still scored some points and I am still in the lead of the drivers’ standings”.

Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing): “The race was great, but it was difficult, too. I had a great and fair battle with Félix Serrallés and I came out on top. Prior to the safety car intervention, I had already pulled a slight gap, but then, he closed up again and he was able to overtake me after the restart. I knew that I had one more chance on the final lap and I took it. Two podium finishes in a weekend are a great result”.

Photos: FIA F3 Euro Series

Mercedes se recupera e Rosberg vence o GP da Áustria, Massa chega em 4º.


A Mercedes conseguiu um excelente resultado ao vencer neste domingo (22), o Grande Prêmio da Áustria, oitava etapa da temporada com Nico Rosberg, com os resultados ele ampliou sua vantagem na liderança do mundial de pilotos. Lewis Hamilton bem que tentou a vitória, largando em nono o piloto britânico fez uma bela largada pulando para quarto na primeira volta, a partir dai, imprimiu ritmo forte mas não o suficiente para ultrapassar Rosberg e teve que se contentar com a segunda posição. Bottas que largou em segundo completou o pódio, o finlandês fez ótima corrida, foi rápido o tempo todo e abriu boa vantagem para seus rivais.

Felipe Massa que largou na pole, não teve ritmo para brigar por um lugar no pódio, apesar de liderar o inicio da prova, após o pit stop, voltou em sexto e acabou perdendo contato com os líderes, terminando a corrida em quarto. Este é o melhor resultado do ano para o piloto brasileiro e já alivia um pouco a pressão pra cima dele, que está atrás de seu companheiro de equipe no campeonato. 


A corrida no circuito da RBR, não foi tão disputada como o previsto, apesar de todos os pilotos terem elogiado o Red Bull Ring, pouca emoção teve a prova, a Mercedes correndo com folgas na frente e a Williams lutando com a Ferrari de Alonso, quinto colocado, foram os pontos altos do GP austríaco. Além disso Sebastian Vettel sofreu com seu RB10 desde o início, novamente a máquina lhe deixou na mão, o fato curioso é que os problemas este ano na RBR quase sempre acontecem no carro do tetracampeão. 

Sergio Perez com boa estrategia levou a Force Índia ao sexto lugar, lembrando que o piloto mexicano largou em décimo sexto. O estreante Kevin Magnussen, novamente foi melhor que o companheiro Button, chegando em sétimo. Daniel Ricciardo correndo em ‘casa’, foi apenas o oitavo. Nico Hulkenberg e Kimi Raikkonen completaram a zona de pontuação. A Fórmula 1 segue agora para a Inglaterra e no próximo dia 6 de julho realizará a nona etapa no tradicional circuito de Silverstone. Confira o resultado final do GP da Áustria:


F4 Inglesa: Gustavo Lima fecha primeira corrida do fim de semana em Snetterton em sexto lugar.


Enquanto a bola rola nos gramados brasileiros para a Copa do Mundo, do outro lado do Atlântico, mais precisamente no circuito de Snetterton, acontece a terceira etapa da temporada 2014 da F4 Inglesa. E Gustavo Lima teve um bom começo de jornada. Depois de figurar entre os dez primeiros nos treinos livres realizados na sexta, o brasiliense de 17 anos garantiu o sétimo lugar no grid de largada da primeira corrida do fim de semana, neste sábado (21). O piloto da Hillspeed subiu para sexto logo na primeira volta e sustentou a colocação até o fim da prova, somando pontos importantes para o campeonato.

O circuito de Snetterton é um traçado de alta velocidade e dispõe de bons pontos de ultrapassagem. Entretanto, a disputa, realizada com tempo bom, foi bastante equilibrada. Por muitas voltas, Gustavo chegou a ameaçar o quinto lugar de Nicholas Beer, mas acabou por cruzar a linha de chegada em sexto numa corrida que contou com 20 pilotos. O resultado rendeu 17 pontos ao brasileiro, que ganhou uma posição no campeonato e está em sétimo lugar, com 103, um a menos em relação ao sexto colocado.


A posição final de Lima na corrida de hoje definiu sua colocação no grid de largada da prova 2 do fim de semana. Por conta da regra do grid invertido em relação aos oito primeiros, o brasiliense vai abrir a disputa que acontece na manhã de domingo na segunda fila, na terceira colocação. Desta forma, terá mais uma chance para buscar o pódio e subir na classificação. A segunda corrida acontece às 6h55 (horário de Brasília), enquanto a prova final será realizada às 11h35.

Gustavo Lima:

“O resultado da corrida de hoje foi muito bom para o campeonato. Foi uma disputa bem equilibrada desde o início, e consegui sustentar a sexta colocação, que foi importante para somar bons pontos e recuperar terreno. Largo em terceiro amanhã na segunda corrida com o objetivo de subir ao pódio mais uma vez e avançar ainda mais na tabela de classificação na temporada”.


F4 Inglesa, 3ª etapa, Snetterton 300, corrida 1, final:

1 - Will Palmer, HHC Motorsport, 10 voltas
2 - Raoul Hyman, HHC Motorsport, +3s050
3 - George Russell, Lanan Racing, +3s299
4 - Sennan Fielding, HHC Motorsport, +5s027
5 - Nicholas Beer, Sean Walkinshaw Racing, +9s296
6 - Gustavo Lima, Hillspeed, +9s806
7 - Diego Menchaca, Douglas Motorsport, +12s361
8 - Arjun Maini, Lanan Racing, +12s446
9 - Struan Moore, Lanan Racing, +13s023
10 Chris Middlehurst, Mark Godwin Racing, +13s905
11 Rahul Mayer, Hillspeed, +14s730
12 David Wagner, Mark Godwin Racing, +17s267
13 Rodrigo Fonseca, Douglas Motorsport, +20s031
14 Gaetano di Mauro, PetroBall, +20s181
15 Charlie Eastwood, Douglas Motorsport, +26s428
16 Tom Jackson, Chris Dittmann Racing, +26s744
17 Diego Borrelli, Sean Walkinshaw Racing, +35s365
18 Jordan Albert, Sean Walkinshaw Racing, +36s172

Fotos: Jakob Ebrey Photography - Fonte: Eversports

F3 Euro Series: Two Van Amersfoort drivers cheer on the podium.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing), crowned his nearly perfect Saturday at Spa-Francorchamps with another victory. In the 14th season round of the FIA Fómula 3 European Championship, the 16-year-old Dutchman kept rookie driver Esteban Ocon, (Prema Powerteam), at bay throughout the 15 race laps. Third-placed Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing), completed the success for Dutch team, Van Amersfoort Racing, with two of the three podium positions. Placed fifth behind Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport), was the best FIA Fórmula 3 European Championship result to date for Tatiana Calderón, (Jo Zeller Racing), the only lady racer in the field. At the 7.004 kilometres long demanding Fórmula 1 track in the Ardennes, she also scored the best result for her Swiss team, Jo Zeller Racing so far.

At the start, Gustavo Menezes took the lead from pole position. His joy didn’t last long, however, as both Max Verstappen and Esteban Ocon managed to overtake him on the opening lap. While the first two places were occupied, there was a huge battle for third. Gustavo Menezes had to give his third place to Felix Serralles, (Team West-Tec F3), for a while, but claimed it back two laps later. On lap nine, Serralles collided with Lucas Auer, (Mücke Motorsport) in the battle for fourth and both drivers retired. Thus, Felix Rosenqvist moved up into fourth place and safely drove this position home. Due to the incident involving Serralles and Auer, the safety car was deployed.

After the restart, Tatiana Calderón, who was now fifth, had to defend her place from John Bryant-Meisner, (Fortec Motorsports). The Columbian was successful and took the chequered flag in fifth place soon after that. Behind her and Jake Dennis, (Carlin), Alexander Toril, (ThreeBond with T-Sport), and John Bryant-Meisner collided just before the end of the race. As a result, Nicholas Latifi, (Prema Powerteam), Tom Blomqvist (Jagonya Ayam with Carlin), Antonio Giovinazzi, (Jagonya Ayam with Carlin), and Jordan King, (Carlin), moved up into seventh to tenth place.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “My start wasn’t perfect. On the opening lap, I had a good slipstream, I managed to overtake Esteban and then also get past Gustavo at the end of Les Combes. The rest was relatively easy, I was able to control the race. Only the restart is usually a little bit difficult at Spa, but that went well, too. So far, it has been a perfect weekend”.

Esteban Ocon, (Prema Powerteam): “After my disappointing first race with my retirement, being on the podium again was important. My start was good, but Max was quite fast on the straights. On the other hand, I didn’t want to take too many risks, because I definitely wanted to score a few points”.

Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing): “Of course, I am happy with my maiden podium finish. After the start, I was in the lead and I even had a slight gap as Max and Esteban were fighting with each other. Then, I made a mistake at Les Combes and I was lucky that I didn’t collide with Max. After that, my tyres were a little dirty and Félix Serrallés used that situation to overtake me. A little bit later, however, I was able to take back my third place”.

Photos: FIA F3 Euro Series

sábado, 21 de junho de 2014

Felipe Massa é pole para o GP da Áustria.


No retorno da Fórmula 1 a Áustria, o brasileiro Felipe Massa teve um dia incrível neste sábado (21), durante o treino de classificação para a oitava etapa da temporada. O piloto da Williams, conquistou com méritos a pole position para a corrida deste domingo e enfim, quebrou o hiato de quase 6 anos sem largar na frente, seu companheiro de equipe Valtteri Bottas foi o segundo, em dia de dobradinha para o time de Grove.

A Mercedes favorita a primeira fila, teve que se contentar com a terceira posição do líder do campeonato Nico Rosberg. Hamilton com o outro carro do time alemão foi apenas o nono. Mas vale ressaltar que os dois pilotos cometeram erros durante a última tentativa de baixar os tempos no final do (Q3), que era dominado por Bottas. Massa esteve entre os primeiros tempos durante o segundo treino livre na sexta-feira e o terceiro treino de sábado, vinha sempre bem próximos dos líderes e soube encaixar uma volta perfeita na classificação.

Fernando Alonso largará em quarto, Daniel Ricciardo pela sexta vez superou Vettel e larga em 5º. Outro piloto que andou à frente do companheiro foi o dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren, 6º no grid, já Button, nem passou para a fase final do treino. Daniil Kvyat considerado o estreante do ano até aqui, marcou o 7º tempo, Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton e Nico Hulkenberg completaram o top 10.


O treino de classificação para o GP da Áustria foi bem disputado, a cada volta um piloto liderava a sessão, Williams e Mercedes brigaram muito pela pole. A Ferrari com Alonso poderá pensar em um lugar no pódio na prova de amanhã, mas para isto, precisará de sorte na corrida, pois Hamilton largando atrás virá com tudo para cima de seus rivais. A RBR correndo em casa “aparentemente” não tem chances, entretanto em uma corrida longa tudo pode acontecer. A torcida por um bom resultado de Massa é grande entre os fãs do piloto, na Williams ele não tem tido sorte, mas quem sabe amanhã não seja o dia da virada.

O GP da Áustria acontece neste domingo (22), a partir das 21:00 horas, horário do Japão. Um detalhe interessante é que dos 22 pilotos do grid, apenas 4 já correram no circuito Red Bull Ring, em Spielberg, são eles: Kimi Raikkonen, Jenson Button, Fernando Alonso e Felipe Massa. Confira o grid de largada completo abaixo:


Sergio Perez, largará em décimo sexto por causa da punição pelo incidente com Massa no GP do Canadá.

F3 Euro Series: Max Verstappen wins his home race.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing), the son of ex-Fórmula 1 driver Jos Verstappen, scored his second season in the FIA Fórmula 3 European Championship at the 7.004 kilometres long Fórmula 1 circuit of Spa-Francorchamps. The 16-year-old Dutchman with residence in Belgium won the 13th season round from Lucas Auer, (Mücke Motorsport), the nephew of ex-Fórmula 1 driver Gerhard Berger. Jake Dennis, (Carlin), claimed third place. Esteban Ocon, (Prema Powerteam), remains in the lead of the drivers’ standings. The French Lotus F1 junior driver retired following a collision with Antonio Fuoco, (Prema Powerteam), on the opening lap.

Max Verstappen already moved up into the lead at an early stage and didn’t lose his position after a safety car intervention. The safety car was deployed on lap six after 16-year-old Santino Ferrucci, (Eurointernational), who is making his series debut this weekend, and Italian Antinio Giovinazzi, (Jagonya Ayam with Carlin) had collided and retired. Verstappen’s victory was only briefly in jeopardy on the final lap when Lucas Auer started an attack. Verstappen turned this off successfully and took the chequered flag ahead of his opponent from Austria.


British rookie driver Jake Dennis crossed the finish line in third place. The Carlin driver overtook Felix Rosenqvist, (Mücke Motorsport), for third on the final lap and got to climb on the podium for the prize-giving ceremony as a reward. The Swede dropped back as far as seventh due to a broken fuel pump. Tom Blomqvist, (Jagonya Ayam with Carlin), claimed fourth place from Antonio Fuoco and Gustavo Menezes, (Van Amersfoort Racing), who scored his best result of the season in sixth place. Felipe Guimarães, (Double R Racing), was classified eighth behind Rosenqvist and also scored his best result in the FIA Fórmula 3 European Championship to date. Jules Szymkowiak, (Van Amersfoort Racing) and Jordan King, (Carlin), rounded out the top ten after an action-packed race.


Max Verstappen, (Van Amersfoort Racing): “My start was okay and I was third into Eau Rouge. On the long straights, I then had such a good slipstream that I was able to go into the lead. Until the safety car, everything went fine, but my car started to oversteer in the closing stages. The two final laps were really tough, but eventually, I managed to bring first place home and I am really happy”.

Lucas Auer, (Mücke Motorsport): “My start wasn’t particularly good, but at least I had a good slipstream after that. In the next laps, I was able to follow Max, but I couldn’t attack him. That changed only on the final lap: I made a move on him, but it wasn’t enough. Nevertheless, it was a nice battle for victory with Max”.

Jake Dennis, (Carlin): “Moving up from eighth on the grid to finish third doesn’t happen every day. At Spa, however, this is possible. My start was already good, but I also benefited from the collision between Esteban Ocon and Antonio Fuoco. Thus, I was fourth after one lap already. After that, I was able to pull away from the driver in fifth place until the safety car came out. Eventually, Felix Rosenqvist had problems. I took the opportunity and took over his third place. Third place is a good result”.

Photos: FIA F3 Euro Series