sábado, 30 de junho de 2012

Na estreia em Norisring, Augusto Farfus inicia preparação para quinta etapa do DTM.


Piloto dedicou a sexta-feira para reconhecimento do traçado e novos ajustes no modelo BMW M3 DTM.

Augusto Farfus iniciou o primeiro dia de treinos livres, válidos pela quinta etapa do DTM, no circuito de rua de Norisring, Alemanha, na 15ª posição. O piloto da BMW aproveitou as atividades de pista para reconhecer o traçado, já que nunca participou de uma corrida na pista localizada na cidade de Nuremberg. Farfus também testou novos acertos com o objetivo de subir na tabela de classificação do campeonato. O curitibano ocupa a nona posição, com 16 pontos. O mais rápido do dia foi o sueco Mattias Ekstrom, da Audi, que marcou 49s893.


Por ser um traçado curto, com 2.300 metros, o piloto acredita que qualquer detalhe pode contribuir para um bom resultado. Para se ter uma ideia, no primeiro treino livre, a diferença entre o mais rápido e o 22° colocado foi de apenas 676 milésimos. Mesmo sem conhecer as manhas da pista, Farfus confia no bom retrospecto em circuitos de rua. Na carreira, venceu todas as provas que disputou neste tipo de traçado.

A quinta etapa do DTM tem largada prevista para as 8h30 (horário de Brasília) com transmissão ao vivo pela BandSports.

Primeiro treino

“Fui um pouco prejudicado pela bandeira vermelha que foi acionada por meia hora ao longo da sessão. Estava pronto para sair dos boxes com pneus novos e registrar a volta rápida, mas acabou não dando certo e fiquei com os primeiros tempos. De qualquer forma, o treino valeu para reconhecer a pista, já que em provas de rua é difícil virar volta rápida sem ter um conhecimento bom de cada ponto do circuito”.

Os mais rápidos do primeiro treino livre:

1 - Mattias Ekstrom (SUE/Audi) 49s893
2 - Ralf Schumacher (ALE/Mercedes) a 0s165
3 - Bruno Spengler (CAN/BMW) a 0s192
4 - Gary Paffett (ING/Mercedes) a 0s194
5 - Dirk Werner (ALE/BMW) a 0s214
6 - Timo Scheider (ALE/Audi) a 0s238
7 - Miguel Molina (ESP/Audi) a 0s277
8 - Jamie Green (ING/Mercedes) a 0s278
9 - Martin Tomczyk (ALE/BMW) a 0s315
10 Christian Vietoris (ALE/Mercedes) a 0s318
15 Augusto Farfus (BRA/BMW) a 0s404

Texto Eversports  

Para subir na classificação, Pedro Cardoso busca manter boa sequência na Copa SP de Kart.


Brasiliense disputa as categorias Junior Menor e Rotax Junior e quer repetir vitórias das últimas etapas para melhorar sua posição na tabela antes dos playoffs.

O piloto Pedro Cardoso está disputando a temporada da Copa São Paulo de Kart nas categorias Junior Menor e Rotax Junior. Apesar de ter perdido as duas rodadas iniciais, o brasiliense conseguiu venceu nas duas últimas etapas em ambas as categorias (porém, na 5ª etapa da Rotax Júnior, foi penalizado com uma posição por queimar a largada). Neste sábado (30), Pedro encara mais um desafio no kartódromo da Granja Viana, no interior de São Paulo, na sexta etapa do campeonato estadual mais importante do país, buscando subir na classificação geral.

São dez etapas ao todo na competição, divididas entre primeira fase e playoffs. Após sete corridas, os pontos são somados - sendo que há um descarte do pior resultado ou não participação - e então uma nova pontuação é atribuída aos dez primeiros colocados, que disputam o título no chamado playoff, que corresponde às três etapas restantes, sem descartes.

Na Rotax Junior, que vale vaga para o Mundial da categoria, Pedro está na segunda colocação, com 60 pontos, a 26 do líder Leonardo Baran. Na Junior Menor, está em quinto, com 59 pontos, a 37 de Felipe Drugovich. Cada vitória no campeonato vale 25 pontos. Cardoso é o atual campeão da categoria Super Cadete na Copa São Paulo de Kart Granja Viana.

Pedro venceu três das últimas quatro corridas do campeonato.


Campeonato

“Como não participei das primeiras corridas, tenho de fazer o melhor resultado possível a cada etapa, buscando a liderança antes do playoff começar. Sei que é muito difícil nas duas categorias, apesar dos bons resultados que estamos conseguindo, mas passando em segundo ou terceiro ainda estaremos na briga pelo título”.

Desafio extra

“Apesar de já estar mais acostumado a correr em duas categorias, é um desafio grande, porque a programação é muito apertada. Na classificação, literalmente, saio de um kart e pulo em outro, que têm características diferentes. Além disso, os pilotos que estão liderando tanto a Junior Menor quanto a Rotax Junior, estão correndo apenas em uma categoria, enquanto eu faço duas corridas no dia”.

Texto Eversports – Fotos Maurício Villela  

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Rafael Câmara defende a liderança em Pernambuco antes do Brasileiro de Kart.


Piloto de sete anos disputa quarta etapa do Estadual nas categorias Mirim e Cadete no kartódromo Tamboril, em Paulista (PE).

A quarta etapa do Campeonato Pernambucano de Kart acontece neste domingo (01), no kartódromo Tamboril, em Paulista (PE). Para o piloto Rafael Câmara, que é o atual líder da categoria Mirim e também compete na Cadete, a prova servirá como preparação final antes do Brasileiro. O pernambucano pretendia fazer a sexta etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana, em São Paulo, mas a remarcação da corrida do Estadual para este final de semana não permitiu.

Os treinos livres em Pernambuco serão realizados nesta sexta-feira e sábado, enquanto a classificação e a corrida serão no domingo.

Rafael competirá no Campeonato Brasileiro na categoria Mirim, entre os dias 10 e 14 de julho no kartódromo do Beto Carrero, em Penha (SC). Para isso, o piloto de apenas sete anos está intensificando seus treinos para a competição mais importante do calendário nacional, que ele disputará pela primeira vez.

Texto Eversports - Foto divulgação

quinta-feira, 28 de junho de 2012

No DTM, Augusto Farfus disputa primeira corrida em Norisring.


Curitibano segue confiante em um bom resultado para se aproximar dos líderes na tabela de classificação.

Augusto Farfus disputará pela primeira vez uma prova no circuito de rua de Norisring, na Alemanha, que acontecerá neste final de semana, válida pela quinta etapa do DTM. O piloto da BMW espera obter um bom resultado para avançar algumas posições no campeonato. Com 16 pontos, Farfus ocupa a nona posição na tabela. O líder é o inglês Gary Paffett, da Mercedes, que tem 83 pontos.

Farfus aposta em uma prova bastante competitiva. Com algumas modificações no carro, o curitibano acredita que poderá ser competitivo, mesmo sem conhecer o traçado alemão. No retorno ao campeonato após 20 anos, a BMW mostrou que tem condições de brigar de igual para igual com as outras montadoras. Em cinco provas realizadas, Augusto já conquistou um pódio, na segunda etapa, e busca sua primeira vitória na categoria.

Norisring

“É uma pista nova para mim. No papel, deve ser simples, com poucas curvas e um pouco complicada para acertar o carro. Tem freadas fortes, muitas ondulações e exige muito dos freios. Os primeiros treinos servirão como aprendizado, mas acredito que teremos condições de ser competitivos”.

Campeonato

“Este início de campeonato está sendo um pouco difícil por não ter tanta experiência com esse carro. Porém, acredito que o ano está sendo positivo, já que estamos aprendendo bastante e conquistamos um pódio logo de cara. Poderíamos ter pontuado em todas as provas, mas tivemos problemas de estratégia e de natureza mecânica que nos impediram de chegar mais à frente”.

Texto Eversports  

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Kobayashi e Vergne são punidos para o GP da Inglaterra.


Durante o GP da Europa, disputado no último domingo (24), o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber e o francês Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, se envolveram em incidentes e após a prova foram punidos pelos comissários da FIA. Kobayashi poderia ter saído de Valência com um excelente resultado, ele teve chances para isso, largou em sétimo e pulou para quarto ainda na primeira volta e fazia uma boa corrida até se envolver em um acidente com Bruno Senna, da Williams, na ocasião o brasileiro foi considerado culpado.

Mais tarde em uma das relargadas, foi a vez de Kobayashi bater no carro de Felipe Massa, da Ferrari, no entanto a culpa segundo os comissários foi do japonês que perderá cinco posições no grid de largada em Silverstone. Durante a semana passada, surgiu alguns “rumores” que a vaga de Kamui dentro da Sauber para a próxima temporada da F1 estaria ameaçada pelo alemão Nico Hulkenberg, hoje piloto da Force Índia. Os dois pódios do mexicano Sergio Perez, contam pontos à favor dele dentro da equipe e contra o japonês, que precisará reverter a situação o quanto antes.


Já para o francês Vergne a punição foi mais severa, ele perderá 10 posições e ainda precisará pagar uma multa de cerca de 25 mil euros, por ter atingido o carro do finlandês Heikki Kovalainen, da Caterham, os dois abandonaram a prova. O piloto da Toro Rosso, segundo informações da imprensa inglesa terá que pagar a multa de seu próprio bolso.

Jean-Eric Vergne que é considerado uma das promessas para a temporada 2012 da F1, não conseguiu até agora resultados expressivos e em classificações constantemente é superado por Kovalainen. Christian Horner, chefe da RBR, disse que no caso de um piloto cometer um erro grave como o de Vergne, ele acredita que quem têm que pagar é mesmo o piloto.   

terça-feira, 26 de junho de 2012

Pneu furado impede Gustavo Lima de completar prova em Spa Francorchamps.


Quarta rodada dupla marcou o fim da primeira metade da temporada antes de pausa de quase 70 dias na Fórmula Renault Alps. Balanço de temporada de estreia no automobilismo é positiva para o brasiliense.

A segunda corrida da quarta rodada dupla da Fórmula Renault Alps foi disputada neste domingo (24), no autódromo de Spa Francorchamps, na Bélgica. Após uma boa largada, em que saia da 22ª posição, Gustavo Lima conseguiu avançar algumas posições rapidamente. Na quarta volta, quando já estava na 16ª colocação, o brasiliense sofreu dois toques em tentativas de ultrapassagem, e foi obrigado a abandonar a prova devido a um furo no pneu traseiro esquerdo. A vitória ficou com o colombiano Oscar Tunjo.

Apesar de estar em seu primeiro ano no automobilismo, após duas temporadas no kart, essa é apenas a segunda das oito corridas já realizadas no campeonato que Gustavo não completou. Na prova inaugural, em Monza, o brasiliense foi tocado na última volta e não conseguiu voltar para a pista. A constância do piloto de apenas 15 anos tem sido elogiada pela equipe Koiranen Motorsport, uma das mais tradicionais da Fórmula Renault.

A etapa belga marcou a metade do campeonato, que agora terá uma pausa de quase 70 dias até a próxima rodada dupla, na Áustria, nos dias 01 e 02 de setembro. Para Gustavo e sua equipe, o balanço da temporada aqui é muito positivo e animador para o segundo semestre.


Corrida

“Acho que a corrida foi bem interessante, apesar dos problemas. Vinha brigando para chegar na zona de pontuação, quando fui tentar ultrapassar um carro que estava à frente, mas ele me tocou e furou meu pneu. Uma pena, porque tínhamos um bom desempenho e acho que daria para conquistar alguns pontos”.

Spa-Francorchamps

“A pista de Spa Francorchamps é uma das mais legais do calendário. Todos falam que é um circuito que exige muito da habilidade do piloto. Realmente é incrível, a Eau Rouge é uma curva única, espetacular e muito prazerosa de se fazer. Uma pista de alta velocidade. Quem anda bem aqui anda bem em qualquer circuito do mundo”.

Segundo semestre

“A expectativa para as próximas corridas são boas, já que estou completamente adaptado ao carro. Acho que esse começo foi muito bom, até melhor do que esperávamos, tanto pela constância, como pelo aprendizado. Não é fácil chegar aqui sem experiência e disputar posições com pilotos que têm alguns anos de automobilismo. De maneira geral, acho que estamos no caminho certo. Estou aprendendo as pistas e conhecendo melhor a equipe a cada prova, me sentindo mais confiante. A tendência é evoluir no segundo semestre”.

Texto Eversports – Fotos Dutch Photo Agency

Gianluca Petecof vence 5ª etapa da Copa SP Light de Kart na Super Cadete.


Com dois segundos lugares, piloto foi o vencedor da etapa e manteve a liderança na categoria. Já na Cadete, o paulista enfrentou alguns problemas nas corridas na Aldeia da Serra.

Competindo na Cadete e Super Cadete, Gianluca Petecof (ONS/Birel/DDirani) teve uma semana cheia no kartódromo da Aldeia da Serra, em Barueri (SP). O piloto disputou quatro corridas - sendo duas válidas por cada categoria - neste sábado (23), e teve o que comemorar ao fim do dia. Com dois segundos lugares na Super Cadete, o paulista foi o vencedor da quinta etapa da Copa São Paulo Light na soma dos pontos e manteve a liderança do campeonato.

Já na Cadete, categoria que anda com motores sorteados, Gianluca enfrentou alguns problemas no desempenho de seu kart, que não o permitiram andar entre os líderes. O piloto completou a primeira prova na sétima colocação, e a segunda em oitavo lugar.


Pelo terceiro ano consecutivo, Petecof irá disputar o Campeonato Brasileiro, desta vez em duas categorias. Por isso, o piloto de apenas nove anos está se preparando intensamente para a competição, e fará mais treinos antes de chegar ao kartódromo do Beto Carrero, em Penha (SC), para a disputa que acontece entre os dias 10 e 14 de julho.

Vitória na etapa do Light.
“Tivemos um final de semana muito bom no geral. Fui bem na Super Cadete, consegui ser competitivo e me manter como líder da categoria. Na Cadete, tivemos alguns problemas e o kart não rendeu com o esperado. Apesar dos resultados, a etapa foi muito boa como preparação para o Brasileiro”

Treinos para o Brasileiro.
“Estou me preparando bastante para o Brasileiro, sei que é um campeonato muito difícil e quero chegar forte na disputa”

Resultados das corridas:

Super Cadete - 1ª Prova
1) 818-Arthur Leist, (15 voltas) 11:39.395
2) 110-Gianluca Petecof, à .818
3) 14-João Pedro Correa, à 10.813
4) 99-Guilherme Peixoto, à 11.222
5) 777-Vinicius Ponce, à 29.270
6) 3-Raikkonen Sakzenian, à 9 voltas
7) 301-Rafael Reis, à 14 voltas
Melhor Volta: Arthur Leist(818), 46.051 (média de 78,174 km/h), na 1ª volta

Super Cadete - 2ª Prova
1) 3-Raikkonen Sakzenian, (15 voltas) 11:41.934
2) 110-Gianluca Petecof, à .310
3) 99-Guilherme Peixoto, à .530
4) 818-Arthur Leist, à 3.003
5) 14-João Pedro Correa, à 9.239
6) 301-Rafael Reis, à 16.585
7) 777-Vinicius Ponce, à 16.715
8) 18-Sergio Paiva, à 38.039
Melhor Volta: Raikkonen Sakzenian(3), 46.405 (média de 77,577 km/h), na 14ª volta

Cadete - 1ª Prova
1) 52-Paulo Coelho, (15 voltas) 12:27.826
2) 818-Arthur Leist, à 2.503
3) 99-Guilherme Peixoto, à 6.232
4) 54-João Rappa, à 7.626
5) 1-Vanderlei Pacheco Jr., à 7.779
6) 13-Diego Ramos, à 7.998
7) 10-Gianluca Petecof, à 8.278
8) 43-Cameron Boedler, à 11.484
9) 38-José Miggiati, à 18.029
10) 60-Luis Rossate, à 18.230
11) 8-Matheus Morgatto, à 22.521
12) 19-Enzo Gianfratti, à 23.608
13) 55-Andrei Bringel, à 26.158
14) 777-Marcelo Daineze, à 26.265
15) 5-Arthur Vargas, à 30.342
16) 293-Leonardo Reis, à 34.714
17) 77-Juan Zwing Filho, à 36.866
Melhor Volta: Vanderlei Pacheco Jr.(1), 49.137 (média de 73,264 km/h), na 10ª volta

Cadete - 2ª Prova
1) 99-Guilherme Peixoto, (15 voltas) 12:23.137
2) 1-Vanderlei Pacheco Jr., à .233
3) 52-Paulo Coelho, à .819
4) 818-Arthur Leist, à .871
5) 13-Diego Ramos, à 4.182
6) 54-João Rappa, à 4.739
7) 43-Cameron Boedler, à 4.969
8) 10-Gianluca Petecof, à 5.765
9) 60-Luis Rossate, à 12.483
10) 8-Matheus Morgatto, à 14.210
11) 19-Enzo Gianfratti, à 14.361
12) 38-José Miggiati, à 14.497
13) 55-Andrei Bringel, à 15.384
14) 293-Leonardo Reis, à 29.575
15) 777-Marcelo Daineze, à 30.035
16) 77-Juan Zwing Filho, à 48.132
17) 5-Arthur Vargas, à 48.233
Melhor Volta: Arthur Leist(818), 48.914 (média de 73,598 km/h), na 10ª volta

Texto Eversport - Fonte: Racing Cronometragem - Fotos Jackson de Souza

5ª etapa do Light de Kart marca estreia de família Croce em nova equipe.


Apesar de problemas, Lucca e Allan consideraram a etapa positiva. Daniel teve de trocar o motor entre as duas corridas, mas ficou em quarto no geral.

Três dos cinco pilotos da família Croce disputaram no último sábado (23) a quinta etapa da Copa São Paulo Light, no kartódromo da Aldeia da Serra. Os mais novos, Allan - que corre na Junior Menor - e Lucca - na Sprinter - fizeram sua primeira corrida com a equipe D2 Motorsports. Já Daniel, na categoria Sênior, enfrentou problemas com o motor, mas conseguiu garantir a quarta posição ao final da etapa. Os outros dois pilotos da família, Fernando Croce e Fernando Gomes, competiram na terceira rodada dupla da GT Brasil, em Interlagos.

Allan e Lucca tiveram algumas dificuldades no final de semana com os carburadores, que não tinham o rendimento esperado. Allan conseguiu superar o problema apenas durante na segunda prova do dia, mas não tinha mais tempo de conseguir brigar pelo pelotão da frente. O piloto de 12 anos completou as duas corridas na 11ª colocação. Lucca, de 17 anos, também foi prejudicado pelo mesmo problema, mas conseguiu terminar a primeira corrida na sexta posição, e a segunda em quinto lugar. Com isso, ele fechou a etapa com a quarta colocação no geral.

O pai deles, Daniel, compete com a equipe Katroque Motorsport e teve de trocar o motor entre a primeira e a segunda corrida do sábado, o que fez uma grande diferença. Na primeira prova, ele ficou em sexto lugar, e na segunda foi o quinto, marcando uma volta apenas 0.050s pior do que a melhor volta da corrida, também ficando com o quarto lugar na soma das baterias.

Daniel e Lucca, além de Fernando Gomes, irão disputar a 2ª fase do Campeonato Brasileiro de Kart, em Cascavel (PR), entre 24 e 28 de julho. Lucca compete na Novatos, enquanto Daniel e Fernando fazer parte do grid da Sênior A.

Allan Croce (Junior Menor)

“A estreia na equipe D2 Motorsport foi muito boa, eles são muito organizados e consegui evoluir bastante com os treinos que fiz ultimamente. Não tive o desempenho esperado na tomada nem na primeira corrida, por um problema com o carburador. Na segunda estava melhor, mas fui tocado e tive que ir atrás dos adversários. Os resultados finais das corridas não foram bons, mas estou aprendendo muito e na próxima espero que seja melhor”


Lucca Croce (Sprinter)

“Tive problemas com o carburador na classificação, o que prejudicou a minha posição de largada, e esse problema continuou no começo da primeira corrida. Consegui recuperar posições que tinha perdido, mas os pilotos da frente já tinham aberto uma boa vantagem. A segunda corrida foi menos disputada, fiz e tomei algumas ultrapassagens, até terminar em 5º. No geral, fiquei em quarto. Como foi nossa estreia com a equipe D2 Motorsport, acredito que o resultado foi bom”

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Fernando Alonso vence o GP da Europa.


Sensacional! Essa é a expressão para a atuação do espanhol Fernando Alonso na oitava etapa da temporada 2012 da F1. Uma das melhores corridas do ano foi disputada neste domingo (24), no circuito de rua de Valência e o piloto da casa deu um show. Contando com uma boa estratégia, talento e a sorte de bicampeão, o piloto da Ferrari que largou em 11º, venceu o GP da Europa e assumiu a liderança do campeonato.

Sem dúvidas foi uma excelente prova, quem dizia que não daria para ultrapassar em Valência, creio que agora mudou de opinião após a bela exibição do espanhol na corrida, além disso vale destacar que o pódio com Kimi Raikkonen em segundo e Michael Schumacher em terceiro, que juntos somam 10 títulos mundiais na categoria foi surpreendente, já que Hamilton e Vettel eram favoritos há um lugar no pódio.


Logo no início da corrida a disputa por posições foi acirrada e o alemão Sebastian Vettel que largou na pole abriu boa vantagem e seguia rumo a mais uma vitória, porém com a entrada do safety car na 28ª volta, fez com que toda a vantagem de Vettel fosse perdida e dai pra frente os rumos da corrida foram outros. Alonso conseguiu uma bela largada e aos poucos ganhou várias posições, com a entrada do carro de segurança ele fez sua segunda parada e voltou em terceiro, na relargada ultrapassou Romain Grosjean, da Lotus, assumindo a segunda posição, faltava só Vettel que seguia firme para a vitória, no entanto o (RB8) deixou o alemão na mão e Alonso levou a melhor.


Romain Grosjean, chegou a pressionar Alonso mas o espanhol conseguiu abrir vantagem e poucas voltas depois foi a vez do piloto da Lotus abandonar com problemas no motor, com isso Lewis Hamilton passou para segundo e Kimi Raikkonen que vinha logo atrás pressionava muito, não demorou e o “ice-man” ultrapassou Hamilton que tinha pneus desgastados.

O venezuelano Pastor Maldonado, chegou na briga pelo pódio com Hamilton e os dois se envolveram em um acidente, Hamilton teve que abandonar e o piloto da Williams quebrou partes do bico do carro, mesmo assim  continuou na corrida, no entanto foi punido pela direção da prova em 20 segundos, terminando apenas em décimo segundo.


Os brasileiros no GP da Europa: Bruno Senna e Felipe Massa, vinham fazendo uma ótima corrida mas os dois tiveram problemas com toques com o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber e, com isso apenas Bruno terminou a corrida na zona de pontuação. O australiano Mark Webber, chegou em quarto e a dupla da equipe Force Índia, que teve um excelente desempenho na prova com Nico Hulkenberg e Paul di Resta, foram quinto e sétimo respectivamente.

A próxima etapa será disputada do dia 8 de julho no circuito de Silverstone, na Inglaterra.


Segue o resultado final do GP da Europa:

1 - Fernando Alonso (Ferrari) 57 voltas
2 - Kimi Raikkonen (Lotus) a 6s421
3 - Michael Schumacher (Mercedes) a 12s639
4 - Mark Webber (RBR) a 13s628
5 - Nico Hulkenberg (Force Índia) a 19s993
6 - Nico Rosberg (Mercedes) a 21s176
7 - Paul di Resta (Force Índia) a 22s886
8 - Jenson Button (McLaren) a 24s653
9 - Sergio Perez (Sauber) a 27s777
10 Bruno Senna (Williams) a 35s961
11 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) a 37s041
12 Pastor Maldonado (Williams) a 54s630
13 Vitaly Petrov (Caterham) a 1:15s871
14 Heikki Kovalainen (Caterham) a 1:34s654
15 Charles Pic (Marussia) a 1:36s551
16 Felipe Massa (Ferrari) a 1 volta
17 Pedro de la Rosa (HRT) a 1 volta
18 Narain Karthikeyan (HRT) a 1 volta

Fotos LAT e Getty 

sábado, 23 de junho de 2012

Sebastian Vettel é pole para o GP da Europa.


Quebrando recordes atrás de recordes, o alemão Sebastian Vettel conquistou a terceira pole na temporada 2012 da F1, além disso, ele igualou a marca de 33 poles de outros dois campeões mundiais, Alan Prost e Jim Clark e agora fica atrás apenas do brasileiro Ayrton Senna (65) e do alemão Michael Schumacher (68) na lista dos pilotos que mais largaram na primeira posição na história da categoria.

Neste sábado nas ruas de Valência, Vettel foi perfeito e cravou a melhor volta do final de semana em 1:38s086, logo atrás largará o inglês Lewis Hamilton, com a McLaren e em terceiro o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams. A dupla da equipe Lotus com o francês Romain Grosjean e o finlandês Kimi Raikkonen, foram quarto e quinto respectivamente, seguidos pelo alemão Nico Rosberg, da Mercedes e o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber em sétimo.


O treino: Na primeira parte o (Q1), a surpresa ficou com a eliminação do australiano Mark Webber, da RBR, que enfrentou problemas no DRS. O francês Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, mais uma vez não conseguiu se classificar e foi superado pelo finlandês Heikki Kovalainen, da Caterham. Já no (Q2), o equilíbrio da atual temporada fez com que os dois carros da Ferrari fossem eliminados, além de Michael Schumacher com a Mercedes.


Os brasileiros na sessão: Felipe Massa, da Ferrari, foi o 13º e Bruno Senna, da Williams, foi o 14º, a dupla foi novamente superada por seus companheiros de equipe apesar do equilíbrio da sessão. Para a corrida de amanhã eles terão que contar com uma boa estratégia para sair de Valência com um bom resultado.


A equipe Force Índia, conseguiu mais uma vez colocar seus dois carros no (Q3), o alemão Nico Hulkenberg, largará em 8º com o escocês Paul di Resta em décimo, entre eles o inglês Jenson Button, da McLaren, que havia sido o mais rápido no último treino livre. A prova promete ser bastante movimentada e fica difícil prever quem vencerá, Vettel têm um bom carro e é um dos favoritos, mas não descartaria uma vitória da equipe Lotus.

O GP da Europa será realizado neste domingo, a partir das 21:00 horas horário do Japão. Será que teremos o oitavo vencedor diferente amanhã ?

Confira o grid de largada para o GP da Europa:

1 - Sebastian Vettel (RBR) 1:38s086
2 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:38s410
3 - Pastor Maldonado (Williams) 1:38s475
4 - Romain Grosjean (Lotus) 1:38s505
5 - Kimi Raikkonen (Lotus) 1:38s513
6 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:38s623
7 - Kamui Kobayashi (Sauber) 1:38s741
8 - Nico Hulkenberg (Force Índia) 1:38s752
9 - Jenson Button (McLaren) 1:38s801
10 Paul di Resta (Force Índia) 1:38s992

Eliminados na segunda parte do treino: (Q2)

11 Fernando Alonso (Ferrari) 1:38s707
12 Michael Schumacher (Mercedes) 1:38s770
13 Felipe Massa (Ferrari) 1:38s780
14 Bruno Senna (Williams) 1:39s207
15 Sergio Perez (Sauber) 1:39s358
16 Heikki Kovalainen (Caterham) 1:40s295
17 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) 1:40s358

Eliminados na primeira parte do treino: (Q1)

18 Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) 1:40s203
19 Mark Webber (RBR) 1:40s395
20 Vitaly Petrov (Caterham) 1:40s457
21 Pedro de la Rosa (HRT) 1:42s171
22 Narain Karthikeyan (HRT) 1:42s527
23 Charles Pic (Marussia) 1:42s675
24 Timo Glock (Marussia) não participou

Fotos Getty e Sutton 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Vettel lidera o 2º treino livre em Valência.


O alemão Sebastian Vettel foi o mais rápido no segundo treino livre para o GP da Europa, a sessão foi muito equilibrada e deixou mais dúvidas sobre qual piloto conseguirá a pole para a oitava etapa do campeonato. A corrida será disputada neste domingo (24), nas ruas do circuito de Valência.

No treino da manhã, o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, havia sido o mais rápido com Vettel em segundo. Já na sessão da tarde, o alemão Nico Hulkenberg, da Force Índia, conseguiu o 2º tempo, logo atrás veio o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, que não teve nenhum problema nesta sexta-feira e em quarto Michael Schumacher, da Mercedes, outro carro que têm chances de brigar pela pole.

A Williams que andou forte no primeiro treino com Maldonado, voltou a ter destaque na 2ª sessão com o brasileiro Bruno Senna, que surpreendeu com o quinto tempo, ainda é cedo para avaliar se as novas peças do (FW34) farão sucesso, mas já é um bom caminho ver o jovem piloto andando na frente. Bruno precisa mostrar serviço o quanto antes para se firmar na categoria.


Fernando Alonso, foi apenas o sétimo com a Ferrari, porém a equipe “aparentemente” treinou visando a corrida. O líder do campeonato Lewis Hamilton, da McLaren, foi o 14º e o brasileiro Felipe Massa, fez um treino discreto e marcou o 15º tempo. Os pilotos voltam à pista neste sábado às 18:00 horas horário do Japão, para a última sessão antes do treino de classificação que definirá o grid de largada para o GP da Europa.

Segue o resultado do 2º treino livre em Valência:

1 - Sebastian Vettel (RBR) 1:39s334
2 - Nico Hulkenberg (Force Índia) 139s465
3 - Kamui Kobayashi (Sauber) 1:39s595
4 - Michael Schumacher (Mercedes) 1:39s601
5 - Bruno Senna (Williams) 1:39s664
6 - Paul di Resta (Force Índia) 1:39s700
7 - Fernando Alonso (Ferrari) 1:39s733
8 - Romain Grosjean (Lotus) 1:39s868
9 - Mark Webber (RBR) 1:39s901
10 Nico Rosberg (Mercedes) 1:39s926
11 Kimi Raikkonen (Lotus) 1:39s945
12 Jenson Button (McLaren) 1:39s990
13 Pastor Maldonado (Williams) 1:40s075
14 Lewis Hamilton (McLaren) 1:40s147
15 Felipe Massa (Ferrari) 1:40s244
16 Sergio Perez (Sauber) 1:40s511
17 Vitaly Petrov (Caterham) 1:40s963
18 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) 1:41s121
19 Heikki Kovalainen (Caterham) 1:41s197
20 Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) 1:41s263
21 Timo Glock (Marussia) 1:42s424
22 Charles Pic (Marussia) 1:42s958
23 Narain Karthikeyan (HRT) 1:44s201
24 Pedro de la Rosa (HRT) 1:44s260

Fotos Getty Imagens

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Lotus fala sobre o desempenho de Raikkonen.


Eric Boullier, chefe da equipe Lotus, disse que não está preocupado com o desempenho do finlandês Kimi Raikkonen nesta temporada, o piloto tem encontrado dificuldades com o sistema de direção assistida e em alguns treinos livres de sexta-feira tem aproveitado pouco as sessões. Perguntado sobre o porque o francês Romain Grosjean não enfrenta o mesmo problema, ele ressaltou que tem na equipe dois pilotos com estilos de pilotagem diferente.

A equipe segue firme apoiando Raikkonen, que para Boullier já encontrou a boa forma de antes, ele destacou que o piloto finlandês em pouco tempo recuperou a velocidade e adaptou-se rapidamente ao carro da Lotus. Para o chefe da equipe, levará um pouco mais de tempo até conseguirem ajustar a máquina ao estilo do piloto, no entanto ele garante que o objetivo de conquistar uma vitória nesta temporada está cada vez mais próximo.

Para a corrida em Valência, Alan Permane, destacou que o circuito não necessita de muito downforce, porém precisa mudar todos os ajustes do carro para tentar maximizar a velocidade em retas. Apesar do companheiro de equipe Romain Grosjean ter conseguido ficar quase sempre à frente de Raikkonen nas classificações, em condições de corrida o desempenho de ambos é bem próximo. O objetivo do finlandês para este final de semana é tentar largar mais à frente e com isso terminar a corrida com mais pontos.  

terça-feira, 19 de junho de 2012

Satoshi Motoyama - 24 Horas de Le Mans 2012


Durante a 80ª edição das 24 Horas de Le Mans 2012, o piloto japonês Satoshi Motoyama protagonizou uma cena emocionante ao tentar por quase 2 horas consertar o protótipo da Nissan “Delta Wing”, que foi jogado para fora da pista pelo carro da Toyota TS030 Hybrid, que no momento do incidente era pilotado pelo compatriota Kazuki Nakajima. Motoyama tentou sob a orientação de seus mecânicos fazer o carro funcionar, mas não teve sucesso, saiu emocionado e aplaudido pelo público. Assistam o vídeo !  

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Audi vence as 24 Horas de Le Mans 2012.


Pela 11ª vez em 13 anos a Audi conseguiu vencer as 24 Horas de Le Mans e o modelo Audi R18 e-tron quattro fez história durante a 80ª edição da prova, após 378 voltas ou seja 24h01:16s128, o trio de pilotos liderados pelo alemão Andre Lotterer, o suíço Marcel Fässler e o francês Bénoit Tréluyer cruzaram a linha de chegada em primeiro com o carro de número #1. A corrida foi movimentada como sempre e garantiu mais um show em Sarthe, vários acidentes e belas disputas por posições, no final a Audi levou pra casa as três primeiras colocações na categoria LMP1.

O resultado já era esperado pois o modelo Audi é sempre um dos favoritos a vitória, além disso a principal concorrente Toyota abandonou a prova na metade, por causa de acidentes com seus dois carros. Na segunda colocação chegou outro modelo Audi R18 e-tron com o trio Tom Kristensen, Alan McNish e Dindo Capello com o carro #2 e em terceiro o Audi R18 Ultra com o trio Oliver Jarvis, Mike Rockenfeller e Marco Bonanomi.


Em quarto o carro da equipe Rebellion, o Lola B12/60 conseguiu fazer uma prova sem muitos problemas e surpreender na categoria LMP1. O brasileiro Jaime Melo ficou com a segunda colocação na categoria LMGTE-Pro, um excelente resultado. Já o modelo da Nissan “Delta Wing” ficou pelo meio do caminho, o carro que não disputava a corrida pelos pontos vinha fazendo uma prova razoável, porém se envolveu em um acidente com o modelo Toyota TS030 Hybrid, pilotado pelo japonês Kazuki Nakajima, o toque acabou danificando ambos os carros que abandonaram a corrida.

Satoshi Motoyama que estava a bordo do carro da Nissan tentou consertar o carro por um bom tempo já que não era permitido que os mecânicos da equipe ajudassem, infelizmente ele não conseguiu fazer o carro funcionar e leva-lo até os boxes, no entanto a força de vontade do piloto japonês foi um dos destaques da corrida.  


domingo, 17 de junho de 2012

Romain Grosjean em busca de sua primeira vitória na F1.


Um dos pilotos que vem se destacando na atual temporada da F1 é o franco-suíço Romain Grosjean, o piloto estreou na categoria no meio da temporada de 2009 substituindo o brasileiro Nelson Piquet Jr, na equipe Renault, porém não obteve bons resultados e acabou no final daquele ano sem contrato, a opção foi ir correr na GP2 e em 2011 foi campeão da categoria.

Em 2012 retornou à F1 e mais uma vez substituindo um piloto brasileiro na equipe, desta vez foi Bruno Senna, que perdeu a vaga para Grosjean na equipe anglo-francesa Lotus. Nos testes da pré-temporada ele foi um dos destaques, já em corridas, vive de altos e baixos, se por um lado ele foi o protagonista de alguns acidentes nas etapas da Austrália, Malásia, China e aquele belo “strike” em Mônaco onde o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber até decolou, por outro lado ele conseguiu subir ao pódio duas vezes, foi terceiro no GP do Bahrein e segundo no Canadá e agora busca sua primeira vitória na F1.

Grosjean está com sua moral em alta na equipe, o chefão Eric Boullier, constantemente faz elogios a seu pupilo, mesmo após os quatro acidentes no ano. A boa atuação no GP do Canadá, foi destacada por muitos críticos, que acreditavam que o “muro dos campeões” seria o destino do francês na corrida, no entanto ele conseguiu dar 49 voltas com um jogo de pneus macios usados e com isso garantiu o segundo pódio no ano.

Para chegar ao lugar mais alto do pódio, Grosjean acredita que a equipe precisa melhorar nos treinos de classificação, para ele é fundamental largar na frente. No próximo final de semana será realizado o GP da Europa, nas ruas de Valência e o piloto da Lotus disse sobre suas chances nas corrida “Se tivermos um fim de semana forte desde o começo, somos capazes de lutar pelo pódio e até pela vitória. A distância para a vitória não é tão grande. Nós precisamos nos qualificar melhor. Não é nosso forte nesta temporada, mas estamos trabalhando nisso, estou torcendo pelas melhoras no treino, uma boa largada e depois poderemos ver o que acontece” - concluiu.

O piloto ocupa o sétimo lugar no mundial com 53 pontos, 2 atrás do companheiro de equipe o finlandês Kimi Raikkonen e tem ajudado a Lotus a manter o terceiro lugar no mundial de construtores à frente da Ferrari. Será que Romain Grosjean será o oitavo vencedor diferente no ano ?  

24 Horas de Le Mans 2012 - vídeo da largada


sexta-feira, 15 de junho de 2012

Andre Lotterer garante a pole para as 24 Horas de Le Mans.


O alemão Andre Lotterer, atual campeão das 24 Horas de Le Mans, conquistou a pole para a 80ª edição da tradicional corrida em Sarthe, pilotando um modelo Audi R18 e-tron quattro, ele marcou a melhor volta em 3:23s787 e fez história ao colocar um carro híbrido na primeira posição. Lotterer correrá com o carro de número #1 na categoria LMP1 e terá o suíço Marcel Fässler e o francês Bénoit Tréluyer como companheiros na equipe, o trio é o mesmo que venceu a prova em 2011.

As sessões de classificação foram disputadas na quarta e quinta-feira, com 2 horas de duração e o alemão que também é o atual campeão da Fórmula Nippon conseguiu a marca no início do treino de ontem. Em segundo lugar largará o Audi Ultra com o trio, Romain Dumas, Marc Gene e o francês Loic Duval, outro piloto que corre aqui no Japão em duas categorias Fórmula Nippon e Super GT, em 2010 ele foi campeão da categoria GT500 pela equipe Weider com o parceiro japonês Takashi Kogure.


Outro carro que poderá surpreender é o modelo Toyota TS030 Hybrid, que largará em terceiro com o trio formado pelos pilotos: o inglês Anthony Davidson, o suíço Sébastien Buemi e o francês Stéphane Sarrazin com o carro #8. O outro modelo TS030 com o austríaco Alex Wurz, o francês Nicolas Lapierre e o japonês Kazuki Nakajima, estarão a bordo do carro de número #7 que largará em quinto. Todos os 6 pilotos da Toyota tiveram passagens pela F1.

A prova começará às 22:00 horas deste sábado horário do Japão e terminará no domingo no mesmo horário. Serão 56 carros divididos por 4 categorias: LMP1 e LMP2 com carros protótipos, LMGTE-Pro e LMGTE-Am com carros de turismo. Apenas um brasileiro disputará as 24 Horas de Le Mans em 2012, o piloto Jaime Melo da equipe Luxury Ferrari, na categoria LMPGTE-Pro, ele começou bem pois seu parceiro de equipe o francês Frederic Makowiecki, garantiu a pole em sua categoria.


Vale lembrar que a Nissan correrá com o protótipo modelo “Delta Wing” com o inglês Marino Franchitti, o alemão Michael Krumm e o japonês Satoshi Motoyama, com o carro de número #0 mas não competirá pelos pontos, eles conseguiram a melhor volta no treino de classificação em 3:42s612, espera-se que o carro termine pelo menos a prova.  

Fotos AFP e Getty 

quinta-feira, 14 de junho de 2012

McLaren confiante na permanência de Hamilton.


Apesar das especulações sobre o futuro do inglês Lewis Hamilton na McLaren, a equipe acredita que poderá chegar a um acordo bom para ambas as partes, o time de Woking ainda não deu início as conversas sobre a renovação do contrato e o líder do campeonato disse que está focado na atual temporada e não tem pressa para definir sua situação na categoria.

Em entrevista ao canal inglês Sky Sports, o chefão da equipe Martin Whitmarsh, demonstrou otimismo quanto a permanência de Hamilton na McLaren e disse: “Há muito mais especulação fora do que dentro do time. Estamos focados em vencer corridas e o campeonato. Está muito claro que gostamos de trabalhar com Lewis e acredito que ele também goste de estar com a gente. Então, há muita expectativa que ele continue. Ele tem muitos anos e vitórias pela frente. Acredito que ele as terá em nosso time, estamos trabalhando com ele e há uma relação muito boa no momento. O principal objetivo para todos nós é vencer o campeonato deste ano” - concluiu.

Hamilton tem feito uma ótima temporada este ano e já vinha buscando a vitória em outras etapas, porém somente no GP do Canadá que o campeão de 2008 conseguiu subir no lugar mais alto do pódio e de quebra assumiu a liderança da competição que está equilibradíssima. O piloto estreou na F1 em 2007, em seu primeiro ano foi vice-campeão, perdeu o título por apenas um ponto e no ano seguinte sagrou-se campeão mundial de F1 na histórica prova em Interlagos - Brasil.

Na etapa, o brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, venceu, mas não levou o título por causa da ultrapassagem de Hamilton sobre o alemão Timo Glock na última curva do circuito paulista. O inglês têm em seu currículo 18 vitórias, 21 poles e 46 pódios. Ele sempre correu com o apoio da McLaren, desde seus tempos no kart. Questões sobre o salário de Hamilton é o que fará a diferença no final das negociações.

Ron Dennis já disse várias vezes que a equipe tem que se adequar ao momento atual da economia e que quando o contrato com Hamilton foi feito, a situação era outra, porém o piloto tem há seu favor o grande apoio dos patrocinadores. Em se tratando de Marketing, o jovem campeão é indiscutível um excelente nome, além disso vai levando vantagem sobre o companheiro de equipe Jenson Button, que mesmo tento vencido a primeira etapa na Austrália, encontra-se em um momento delicado no time. Vamos aguardar os novos rumos desta “quebra de braço” entre os agentes do piloto e a diretoria da McLaren, mas acredito que ele irá renovar.  

Audi R18 e-tron quattro - Le Mans 2012