sábado, 31 de março de 2012

Rubens Barrichello fecha com o 5º tempo nos treinos livres no Alabama.


Nos treinos livres para a 2ª prova da temporada 2012 da Fórmula Indy, o brasileiro Rubens Barrichello terminou o dia com o 5º tempo, o piloto da KV Racing conseguiu bons tempos nas duas sessões, apesar da chuva que atrapalhou o treino da tarde o ex-piloto da F1 aproveitou bem a sessão para adquirir quilometragem. Em sua estreia na categoria em St.Petersburg na semana passada, Barrichello não completou a prova por problemas no carro ficando apenas com a 17ª colocação.

A vitória na 1ª etapa da Indy ficou com o brasileiro Hélio Castroneves da equipe Penske, que nos treinos desta sexta-feira conseguiu o 2º melhor tempo, sendo superado apenas pelo companheiro de equipe o australiano Will Power que fez a melhor volta do dia em 1:11s288. O japonês Takuma Sato, da equipe Rahal-Letterman foi o 3º e com a pista molhada foi o mais rápido.

Tony Kanaan, o terceiro representante do Brasil na categoria fechou o dia com o sétimo tempo, na sessão da tarde foi o 4º. Os pilotos voltam à pista neste sábado para o treino de classificação para a prova deste domingo no circuito de Barber que fica no estado do Alabama.

Confira os 10 melhores tempos das duas sessões :

1 - Will Power (AUS/Team Penske) 1:11s2886
2 - Hélio Castroneves (BRA/Penske) 1:11s5010
3 - Takuma Sato (JPN/Rahal-Letterman) 1:11s5608
4 - Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman) 1:11s5884
5 - Rubens Barrichello (BRA/KV Racing) 1:11s6028
6 - Marco Andretti (EUA/Andretti-Autosport) 1:11s6263
7 - Tony Kanaan (BRA/KV Racing) 1:11s6800
8 - Simon Pagenaud (FRA/Schmidt/Hamilton) 1:11s7015
9 - Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi) 1:11s7415
10 Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi) 1:11s9529

sexta-feira, 30 de março de 2012

Pilotos da F1 e suas contas no twitter...


Para os fãs da Fórmula 1 que gostam de saber as novidades de seus pilotos preferidos, uma boa opção é o microblog twitter. Do atual grid da temporada 2012 da F1 apenas os alemães Sebastian Vettel e Michael Schumacher e o finlandês Kimi Raikkonen não tem conta na rede social.

Nesta sexta-feira (30) o brasileiro Felipe Massa resolveu fazer a sua conta e logo em seu 1º tweet ele disse - “Oi pessoal !! A partir de agora estarei twitando com vcs !!! Abração a todos”.

Além dos pilotos, várias equipes aderiram a novidade para passar informações, tornando cada vez mais interessante seguir seus perfis. Abaixo um link de cada piloto e seu nome no twitter. Para acessar os perfis basta clicar no nome seguido do @. Lembrando que todas estas contas são oficiais. 

Mark Webber - @AussieGrit
Jenson Button - @JensonButton
Lewis Hamilton - @LewisHamilton
Fernando Alonso - @alo_oficial
Felipe Massa - @Felipe1Massa
Nico Rosberg - @nico_rosberg
Romain Grosjean - @RGrosjean
Paul di Resta - @pauldirestaf1
Nico Hulkenberg - @NicoHulkenberg
Kamui Kobayashi - @kamui_kobayashi
Sergio Perez - @SChecoPerez
Daniel Ricciardo - @danielricciardo
Jean-Eric Vergne - @JeanEricVergne
Pastor Maldonado - @Pastormaldo
Bruno Senna - @BSenna
Heikki Kovalainen - @H_Kovalainen
Vitaly Petrov - @vitalypetrovrus
Pedro de la Rosa - @PedrodelaRosa1
Narain Karthikeyan - @narainracing
Timo Glock - @realTimoGlock
Charles Pic - @Charles_Pic1

Pirelli anuncia Lucas di Grassi e Jaime Alguersuari como pilotos de testes...


A Pirelli anunciou o brasileiro Lucas di Grassi e o espanhol Jaime Alguersuari como pilotos de testes da empresa para fazer as avaliações nos novos compostos de pneus da próxima temporada. Os dois ex-pilotos da F1 farão 4 testes durante este ano, com início previsto para maio e termino em setembro.

O carro que será utilizado para fazer as avaliações nos pneus será o modelo (R30) da Renault, com o qual disputou a temporada 2010 da F1. O “novo” modelo será adaptado às novas regras da F1 e substituirá o (TF109) da Toyota que tornou-se obsoleto. A novidade é que a Pirelli permitirá que cada equipe mande um representante para acompanhar as sessões.


Os testes acontecerão nos circuitos de Jerez de la Frontera, Spa-Francorchamps, Monza e Barcelona. Segundo Paul Hembery, diretor da Pirelli, tanto Lucas di Grassi quanto Alguersuari na função de pilotos de testes tem mais chances de retornar à F1. No comunicado enviado a imprensa ele ressaltou que dois ex-pilotos de testes estão de volta à F1 na posição de titulares, referindo-se ao francês Romain Grosjean, da (Lotus) e o espanhol Pedro de la Rosa, da (HRT).

quinta-feira, 29 de março de 2012

Felipe Massa onde está você?


Parece brincadeira, mais aquele piloto aguerrido que quase conquistou o mundial de F1 em 2008 aparentemente não existe mais. Felipe Massa passa pelo pior momento de sua carreira na principal categoria do automobilismo mundial, após o grave acidente de 2009 nos treinos para o GP da Hungria e a longa recuperação, o piloto brasileiro da Ferrari continua enfrentando dificuldades para se adaptar aos pneus e as novas regras da F1.

Em 2012 a situação piorou, Massa sequer consegue se classificar entre os dez melhores tempos do (Q3) ou terminar as corridas na zona de pontuação, por outro lado o companheiro de equipe Fernando Alonso, chegou em quinto no GP da Austrália e venceu o caótico GP da Malásia. Além disso a pressão pra cima do brasileiro cresce a cada dia, os “rumores” de uma possível demissão antes do final de seu contrato com a Ferrari continua e a 2ª colocação na última prova do mexicano Sergio Perez, da Sauber, colocou mais lenha nesta fogueira.


Na verdade vários sites, jornais e revistas especializados em F1 deram como certa a demissão de Felipe Massa pela Ferrari ainda este ano, porém a equipe vem desmentindo todos os boatos até agora, mas caso o brasileiro não consiga repetir boas atuações nas próximas provas dificilmente terá seu contrato renovado. Mas porque Felipe Massa está nesta fase? Em 2008 ele precisava vencer o GP do Brasil e torcer para um tropeço de Lewis Hamilton, o piloto da Ferrari fez sua parte ao vencer em casa, entretanto na última curva de Interlagos o inglês conseguiu uma ultrapassagem que lhe garantiu o título.

Em 2009 veio o grave acidente que quase lhe tirou a vida, o piloto ficou fora do restante da temporada e voltou em 2010 disposto a recuperar o tempo perdido, só que entrou em uma “maré de azar” que dá medo! Vários fatores podem ter influenciado Massa nesta fase, alguns dizem que o piloto nunca mais irá voltar a sua melhor fase na carreira, outros críticos apontam como o espanhol Fernando Alonso o principal problema de Massa dentro da Ferrari.

Fica complicado analisar quem está com a razão, todos que acompanham de perto à F1 sabem que o time de Maranello sempre deu a preferência para um piloto e o outro passaria a trabalhar para a equipe. Aconteceu com o brasileiro Rubens Barrichello, nos tempos do heptacampeão Michael Schumacher e a história volta a se repetir. Em 2010 Massa sofreu com o episódio do GP da Alemanha, onde foi orientado a dar passagem para Alonso e desde então nunca mais Massa foi o mesmo.


Analisando os resultados do piloto após o acidente, fico cada vez mais com a certeza de que Massa chegou ao fim do poço. Foram 39 corridas, apenas 5 pódios e em 2011 ele não conseguiu nenhum resultado expressivo. O piloto não vence desde o GP do Brasil de 2008 e de lá para cá foram 49 corridas, a situação é critica e somente com o apoio da Ferrari o piloto brasileiro poderá sair desta fase, o contrato dele termina em dezembro e como disse o presidente da Ferrari, Luca de Montezemolo “Massa tem que fazer algo grande, depois de uma temporada não tão positiva”.

Não sou um dos críticos do piloto, pois espero que ele consiga sair desta o quanto antes, porém venho analisando as corridas e os números e quanto a isto não me resta dúvidas, Massa não vai bem. O piloto seguiu após o GP da Malásia para a fábrica da escuderia em Maranello para trabalhar com seus engenheiros na busca por soluções. Será que ele dará a volta por cima? Resta torcer como todo brasileiro fã de Fórmula 1 para a chegada deste dia, que espero seja logo...

Fotos Sutton e Getty Imagens

quarta-feira, 28 de março de 2012

1º Car Project Soukoukai.


Neste último domingo (25) foi realizado no circuito de Mikawa Motor Land, província de Aichi-Ken, o 1º Car Project Soukoukai, o evento de drift contou com a presença de vários pilotos divididos por categorias. Nem mesmo a chuva e a neve atrapalhou o show dos pilotos da comunidade brasileira. O piloto japonês da D1 - Yokoi Masashi, também participou do evento. Confira a galeria de fotos do dia :  


Veja mais fotos como esta em PortalNippon

terça-feira, 27 de março de 2012

Hélio Castroneves vence em St. Petersburg...


O brasileiro Hélio Castroneves, da equipe Penske, venceu a corrida de estreia da temporada 2012 da Fórmula Indy disputada neste último domingo (25) no circuito de rua de St. Petersburg nos EUA. A prova marcou também a estreia do brasileiro Rubens Barrichello na categoria, porém o ex-piloto da F1 terminou a corrida apenas na 17ª colocação.

Já Will Power que largou na pole e companheiro de equipe de Castroneves, chegou apenas na 7ª colocação, o australiano cometeu um erro durante o pit stop. Tony Kanaan da KV Racing, não completou a prova por problemas elétricos, o brasileiro chegou a brigar no pelotão principal mas abandonou a corrida. O atual campeão da categoria Dario Franchitti, da Chip Ganassi chegou na 13ª colocação.

A próxima etapa será disputada no dia 1º de abril, na cidade de Birmingham, nos Estados Unidos. Abaixo do resultado confira um vídeo com os melhores momentos da prova.

Confira o resultado final da prova em St. Petersburg :

1 - Hélio Castroneves (BRA/Penske) 100 voltas
2 - Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi) a 5s5292
3 - Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Autosport) a 7s5824
4 - James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Autosport) a 10s6526
5 - Ryan Briscoe (AUS/Team Penske) a 11s75854
6 - Simon Pagenaud (FRA/Schmidt/Hamilton) a 31s2623
7 - Will Power (AUS/Team Penske) a 34s6582
8 - Ernesto Viso (VEN/KV Racing) a 35s5943
9 - Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi) a 43s1425
10 Justin Wilson (GRB/Dale Coyne) a 44s3141
11 Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman) a 44s8275
12 Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi) a 45s1080
13 Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi) a 45s8468
14 Marco Andretti (EUA/Andretti-Autosport) a 1 volta
15 Alex Tagliani (CAN/Team BHA) a 1 volta
16 Oriol Servia (ESP/Lotus Dreyer & Reinbold) a 1 volta
17 Rubens Barrichello (BRA/KV Racing) a 2 voltas
18 Ed Carpenter (EUA/Carpenter) a 2 voltas
19 JR Hildebrand (EUA/Panther) a 4 voltas

domingo, 25 de março de 2012

Fernando Alonso vence o GP da Malásia...


Ele é considerado um dos melhores pilotos do atual grid da F1 e neste domingo (25) em Sepang, Fernando Alonso levou a Ferrari ao lugar mais alto do pódio ao vencer o GP da Malásia. A corrida foi caótica, começou com pista molhada e após 9 voltas foi interrompida pela direção de prova, recomeçando com o safety car na pista. Com sorte e talento o espanhol conseguiu um resultado surpreendente para o time de Maranello e “espanta” por alguns dias a crise da escuderia italiana.

Sergio Perez chegou na segunda posição, apesar de ter um carro com condições de ultrapassar o piloto da Ferrari, foi orientado pelo seu engenheiro de equipe por rádio para ter cautela, dando a entender que era para “garantir” o resultado. Após ouvir o comunicado o piloto da Sauber perdeu o controle do carro e saiu da pista, com o erro perdeu também contanto com o vencedor da prova. Interessante destacar que quando o mexicano falava ao rádio ele estava à menos de 1 segundo de Alonso.


Lewis Hamilton repete o resultado do GP da Austrália ao completar o pódio na terceira colocação, o resultado não é tão ruim, dado aos problemas que o time inglês teve na prova. Por outro lado, o companheiro de equipe Jenson Button, vencedor do GP da Austrália, não conseguiu chegar na zona de pontuação, terminando a prova na 14ª posição. Button teve a corrida complicada quando se chocou com o indiano Narain Karthikeyan, da HRT, no erro ele perdeu parte da asa dianteira tendo que fazer uma parada extra para trocar a peça.


Mark Webber, da RBR fez uma boa prova e é outro piloto que repete o resultado da última prova ao completar a corrida na 4ª posição. O “ice-man” Kimi Raikkonen, levou a Lotus a quinta posição, o finlandês antes do inicio da corrida pediu para membros de sua equipe para distribuir picolés para os jornalistas na sala de imprensa ! Confirmando a condição de bom moço e fanfarrão da F1 !

Bruno Senna, que fez uma prova de recuperação após mais uma péssima largada onde caiu para a última posição, se recuperou de forma bastante inteligente fazendo boas ultrapassagens durante a prova chegando na sexta posição. O piloto brasileiro teve uma ótima atuação e garantiu 8 pontos para o time, 3 pontos a mais que toda a temporada 2011 da Williams.


A Mercedes que andou bem em todo o final de semana em Sepang, não repetiu o desempenho na corrida deste domingo, apenas o heptacampeão Michael Schumacher que largou em terceiro terminou a prova na zona de pontuação, porém na 10ª posição. Já o bicampeão Sebastian Vettel, da RBR, foi apenas o décimo primeiro, o alemão cometeu um erro ao atingir um carro da HRT, tendo um de seus pneus furados no final da prova.


Felipe Massa é um caso a parte, o piloto brasileiro não conseguiu novamente um bom resultado e foi apenas o 15º, uma volta atrás do vencedor da corrida e companheiro de equipe, atual líder do campeonato. Mesmo com um carro ruim o espanhol tira leite de pedra, já o vice-campeão de 2008 continua em sua “maré de azar” e com o resultado de Perez hoje a pressão pra cima de Massa será maior.

Confira o resultado do GP da Malásia :

1 - Fernando Alonso (Ferrari) 56 voltas
2 - Sergio Perez (Sauber) a 2s263
3 - Lewis Hamilton (McLaren) a 14s591
4 - Mark Webber (RBR) a 17s688
5 - Kimi Raikkonen (Lotus) a 29s456
6 - Bruno Senna (Williams) a 37s667
7 - Paul di Resta (Force Índia) a 44s412
8 - Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) a 46s985
9 - Nico Hulkenberg (Force Índia) a 47s892
10 Michael Schumacher (Mercedes) a 49s996
11 Sebastian Vettel (RBR) a 1:15s527
12 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) a 1:16s826
13 Nico Rosberg (Mercedes) a 1:18s593
14 Jenson Button (McLaren) a 1:19s719
15 Felipe Massa (Ferrari) a 1:37s319
16 Vitaly Petrov (Caterham) a 1 volta
17 Timo Glock (Marussia) a 1 volta
18 Heikki Kovalainen (Caterham) a 1 volta
19 Pastor Maldonado (Williams) a 2 voltas
20 Charles Pic (Marussia) a 2 voltas
21 Narain Karthikeyan (HRT) a 2 voltas
22 Pedro de la Rosa (HRT) a 2 voltas
Fotos Sutton e Getty Imagens 

sábado, 24 de março de 2012

Lewis Hamilton é pole para o GP da Malásia...


Hamilton repete a dose e conquista a 2ª pole no ano, o piloto da McLaren não cometeu erros durante suas voltas rápidas no (Q3) e conseguiu o melhor resultado em classificações na Malásia para o time inglês. Jenson Button largará na 2ª posição e o alemão Michael Schumacher, largará na 3ª posição, o piloto da Mercedes consegue o melhor resultado dele em classificações desde o retorno à F1 em 2010.

A dupla da McLaren que havia dominado as sessões de treinos livres da sexta-feira vinha se destacando por ter um carro bem equilibrado tanto com os pneus duros quanto os médios e neste sábado confirmou o favoritismo dos carros com motor Mercedes.


Por outro lado a “rival” RBR não teve um resultado tão ruim em termos de corrida, o australiano Mark Webber largará na 4ª posição e o alemão Sebastian Vettel em quinto, porém o atual bicampeão da categoria largará com os compostos duros. A equipe RBR poderá optar por uma parada a menos para Vettel.

O finlandês Kimi Raikkonen, da Lotus, conseguiu o quinto melhor tempo, entretanto terá que largar em décimo pois perdeu 5 posições no grid por ter trocado o câmbio de seu carro após os treinos de sexta-feira. Romain Grosjean com a outra Lotus largará em sexto e o espanhol Fernando Alonso, conseguiu uma surpreendente 8ª posição, mesmo tento problemas com o (KERS).


Os brasileiros Felipe Massa, da Ferrari, foi apenas o 12º e Bruno Senna, da (Williams) foi o 13º. Kamui Kobayashi, da (Sauber) bem que tentou passar para a fase final do treino de classificação, mas como ele mesmo havia divulgado nesta manhã de sábado antes do 3ºtreino livre, um torcicolo tirou as chances do piloto japonês de conseguir largar entre os dez primeiros.

Para a corrida de amanhã todos os 24 carros estarão no grid, pois a equipe HRT finalmente conseguiu atingir a meta dos tempos durante o (Q1). O GP da Malásia será realizado neste domingo a partir das 17:00 horas horário do Japão.


Confira o grid de largada para o GP da Malásia :

1 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:36s219
2 - Jenson Button (McLaren) 1:36s368
3 - Michael Schumacher (Mercedes) 1:36s391
4 - Mark Webber (RBR) 1:36s461
5 - Sebastian Vettel (RBR) 1:36s634
6 - Romain Grosjean (Lotus) 1:36s658
7 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:36s664
8 - Fernando Alonso (Ferrari) 1:37s566
9 - Sergio Perez (Sauber) 1:37s698
10 Kimi Raikkonen (Lotus) 1:36s461 (punido)

Eliminados na segunda parte do treino: (Q2)

11 Pastor Maldonado (Williams) 1:37s589
12 Felipe Massa (Ferrari) 1:37s731
13 Bruno Senna (Williams) 1:37s841
14 Paul di Resta (Force Índia) 1:37s877
15 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) 1:37s883
16 Nico Hulkenberg (Force Índia) 1:37s890
17 Kamui Kobayashi (Sauber) 1:38s069

Eliminados na primeira parte do treino: (Q1)

18 Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) 1:39s077
19 Heikki Kovalainen (Caterham) 1:39s306
20 Vitaly Petrov (Caterham) 1:39s567
21 Timo Glock (Marussia) 1:40s903
22 Charles Pic (Marussia) 1:41s250
23 Pedro de la Rosa (HRT) 1:42s914
24 Narain Karthikeyan (HRT) 1:43s655

Fotos Sutton

Honjo Circuit em Saitama - Drift

No último dia 11 de março, 1 ano após o grande terremoto e tsunami que atingiu a região Tohoku aqui no Japão, pilotos de várias regiões do país se reuniram no circuito de Honjo (本庄サーキット ドリフトコース) que está localizado na província de Saitama, para um treino de drift. O circuito de Honjo tem curvas de alta e baixa velocidade o que exige dos pilotos de drift muito preparo físico.

Para conseguir uma manobra perfeita ou (kakudo) o carro precisa estar bem ajustado, ter um motor forte e o câmbio não necessita de muitas mudanças. Após a reta principal onde o carro usa a terceira marcha tem uma curva onde é necessário fazer a redução para a primeira marcha, complicando ainda mais a manobra.

O Circuito tem apenas 1.200 metros, porém existe um grande número de curvas, que para o drift é perfeito. A D1 Street Legal que é uma categoria de acesso a D1 Grand Prix séries (liga profissional de drift) realiza uma de suas etapas no circuito de Honjo. 

O piloto argentino Kenichi Hino voltou aos treinos com seu R32, porém problemas mecânicos em seu carro fizeram com que ele terminasse o treino mais cedo. Confira a galeria de fotos tiradas pelos amigos Alexandre Santos e Kenichi Hino


Veja mais fotos como esta em PortalNippon


Rosberg é o mais rápido no último treino livre para o GP da Malásia.


Em um treino com muita movimentação entre os melhores tempos, a última sessão de treinos livres no circuito de Sepang, começou com pista molhada que foi secando e a cada passagem dos pilotos os tempos foram caindo. Fica difícil prever quem conquistará a pole para o GP da Malásia. O alemão Nico Rosberg, da (Mercedes) foi o mais rápido da sessão ao marcar sua melhor volta em 1:36s877.

Sebastian Vettel, apareceu bem com a RBR em segundo, apenas 4 décimos atrás do piloto da Mercedes. Mark Webber, foi o 3° e o finlandês Kimi Raikkonen, da (Lotus) foi o 4°, seguido do companheiro de equipe Romain Grosjean.

A dupla da McLaren fez um treino discreto, a equipe que dominou as sessões de ontem, hoje conseguiu apenas o 6° tempo com Button e o 9° com Lewis Hamilton. Já a Ferrari não saiu do pelotão intermediário, Alonso foi apenas o 13° e o brasileiro Felipe Massa, o 18°. Bruno Senna, foi o piloto que mais aproveitou a sessão ao dar 20 voltas e ficar com o 11° tempo.

Kamui Kobayashi que ontem teve problemas no câmbio de seu carro, neste último treino ficou com o décimo tempo, o japonês se queixou poucas horas antes de começar o 3º treino livre através de sua conta no twitter que estava com dores do pescoço. O torcicolo poderia atrapalha-lo na classificação.

Confira os melhores tempos do 3º treino livre : (Top 10)

1 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:36s877
2 - Sebastian Vettel (RBR) 1:37s320
3 - Mark Webber (RBR) 1:37s338
4 - Kimi Raikkonen (Lotus) 1:37s356
5 - Romain Grosjean (Lotus) 1:37s382
6 - Jenson Button (McLaren) 1:37s404
7 - Pastor Maldonado (Williams) 1:37s455
8 - Michael Schumacher (Mercedes) 1:37s663
9 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:37s776
10 Kamui Kobayashi (Sauber) 1:37s977

1º Car Project Soukoukai...


Será realizado neste domingo (25) o 1º Car Project Soukoukai, evento de drift no circuito de Mikawa Motor Land. Horário das 8:00 às 16:00 horas. Entrada 500 ienes e o estacionamento será gratuito. O evento terá como convidado o piloto da D1, Yokoi Masashi. 

sexta-feira, 23 de março de 2012

2012年 F1 マレーシアGP フリー走行2回目

malasia_GP

順位 ドライバー ベストタイム 周回
1 ルイス・ハミルトン 1分38秒172 28
2 ミハエル・シューマッハ 1分38秒533 34
3 ジェンソン・バトン 1分38秒535 30
4 ニコ・ロズベルグ 1分38秒696 34
5 ダニエル・リチェルド 1分38秒853 33
6 フェルナンド・アロンソ    1分38秒891 27
7 マーク・ウェバー 1分39秒133 29
8 ジャン・エリック・ベルニュ 1分39秒297 33
9 ロマン・グロージャン 1分39秒311 22
10 セバスチャン・ベッテル 1分39秒402 25
11 パストール・マルドナド 1分39秒444 35
12 ニコ・ヒュルケンベルグ 1分39秒464 26
13 ポール・ディ・レスタ 1分39秒625 20
14 小林可夢偉 1分39秒687 16
15 キミ・ライコネン 1分39秒696 29
16 フェリペ・マッサ 1分40秒271 28
17 ブルーノ・セナ 1分40秒678 34
18 セルジオ・ペレス    1分40秒947 33
19 ヴィタリー・ペトロフ 1分41秒464 25
20 ティモ・グロック 1分41秒681 20
21 ヘイキ・コバライネン 1分42秒594 18
22 シャルル・ピック 1分42秒874 24
23 ナレイン・カーティケヤン    1分43秒658 18
24 ペドロ・デ・ラ・ロサ 1分43秒823 22

Hamilton lidera os treinos livres desta sexta-feira na Malásia.


Lewis Hamilton dominou as duas sessões de treinos livres nesta sexta-feira no circuito de Sepang, na Malásia. O piloto da McLaren marcou sua melhor volta na 2ª sessão em 1:38s172, e, superou o alemão Michael Schumacher que foi apenas três décimos mais lento. Aliás os carros com motor Mercedes conseguiram os quatro melhores tempos do treino da tarde.

Jenson Button vencedor do GP da Austrália, se manteve bem perto do piloto da Mercedes, terminando a sessão em terceiro. O australiano Daniel Ricciardo, da (Toro Rosso), foi o 5º. Apesar do carro da Ferrari continuar com problemas, o espanhol Fernando Alonso conseguiu o sexto tempo. Já o companheiro de equipe Felipe Massa, foi apenas o 16º, o piloto brasileiro está utilizando um novo chassi em Sepang.


A dupla da Red Bull, aparentemente treinando com mais combustível, não ficou entres os primeiros tempos nesta sexta-feira, porém a equipe austríaca geralmente aproveita as primeiras sessões para preparar o carro para a corrida e, apenas nos últimos treinos livres que são realizados aos sábados é que treina visando a classificação.

Kamui Kobayashi teve problemas no câmbio de seu carro nesta sexta-feira e conseguiu apenas o 14º tempo em ambas as sessões. Sergio Perez, também reclamou do equilíbrio do (C31), a Sauber ocupa o 3º lugar no mundial de construtores.


Entre as equipes “novatas”, a HRT finalmente participou de um treino livre melhorando seus tempos. O time espanhol ficou fora do GP da Austrália por não ter conseguido atingir a regra dos 107 % durante o (Q1); nesta sexta-feira foi um pouco melhor. Para o treino de classificação deste sábado, se não tiverem nenhum problema com o (F112) a equipe deverá disputar sua primeira prova nesta temporada.

Bruno Senna, não participou do 1º treino livre, pois a equipe deu a primeira oportunidade para o piloto reserva Valterri Bottas para testar a máquina. Na sessão da tarde Bruno foi o 17º, o piloto da Williams ficou atrás do compatriota Felipe Massa, da Ferrari, entretanto foi superado pelo companheiro de equipe Pastor Maldonado.

Confira os melhores tempos do 2º treino livre :

1 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:38s172
2 - Michael Schumacher (Mercedes) 1:38s533
3 - Jenson Button (McLaren) 1:38s535
4 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:38s696
5 - Daniel Ricciardo (Toro Rosso) 1:38s853
6 - Fernando Alonso (Ferrari) 1:38s891
7 - Mark Webber (RBR) 1:39s133
8 - Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) 1:39s297
9 - Romain Grosjean (Lotus) 1:39s311
10 Sebastian Vettel (RBR) 1:39s402
11 Pastor Maldonado (Williams) 1:39s444
12 Nico Hulkenberg (Force Índia) 1:39s464
13 Paul di Resta (Force Índia) 1:39s625
14 Kamui Kobayashi (Sauber) 1:39s687
15 Kimi Raikkonen (Lotus) 1:39s696
16 Felipe Massa (Ferrari) 1:40s271
17 Bruno Senna (Williams) 1:40s678
18 Sergio Perez (Sauber) 1:40s947
19 Vitaly Petrov (Caterham) 1:41s464
20 Timo Glock (Marussia) 1:41s681
21 Heikki Kovalainen (Caterham) 1:42s594
22 Charles Pic (Marussia) 1:42s874
23 Narain Karthikeyan (HRT) 1:43s658
24 Pedro de la Rosa (HRT) 1:43s823

Fotos Sutton

quarta-feira, 21 de março de 2012

Martin Whitmarsh, confiante para o GP da Malásia.


O chefão da McLaren, Martin Whitmarsh, acredita que a equipe continuará com o bom desempenho que foi apresentado na etapa de abertura da temporada 2012 da F1 na Austrália e está confiante que o time inglês chegará na Malásia ainda melhor. Após 2 anos de domínio da equipe austríaca Red Bull, a equipe McLaren aparece como a principal adversária dos “touros vermelhos” este ano.

Com um carro que foi muito bem na pré-temporada, a equipe conseguiu no último final de semana um excelente resultado. Jenson Button venceu a corrida e Lewis Hamilton chegou na terceira posição, a dobradinha só não foi conquistada por causa de pequenos erros cometidos durante a prova.

Whitmarsh disse em entrevista a imprensa inglesa que a pista de Sepang tem características de alta velocidade o que favorece melhor o (MP4/27) e há uma grande chance da McLaren ser ainda mais forte. “Se você olhar atentamente para nossos testes de Barcelona, nós fomos muito bem em curvas de alta velocidade. Nós parecemos mais rápidos em curvas de alta e, se a RBR nos bateu em algo, foi em curvas de baixa” - concluiu.


O carro da equipe deverá evoluir e muito durante este ano, o modelo (MP4/27) é um dos únicos que não utiliza o “degrau no bico” e parece que a aposta dos engenheiros deu certo. Ainda é cedo para dizer se a McLaren dominará a temporada 2012 da F1 com folgas, mas pelo que se viu em Melbourne, os rivais estão à quilômetros de distância do time inglês.

Foto Getty Imagens

terça-feira, 20 de março de 2012

Kamui Kobayashi comemora a 6ª colocação no GP da Austrália.


Kobayashi conseguiu um excelente resultado logo na abertura da temporada 2012 da F1 em Melbourne neste último final de semana chegando na sexta colocação e, segue entusiasmado para o GP da Malásia próxima prova do campeonato. Aliás a Sauber, colocou seu dois pilotos na zona de pontuação, além do piloto japonês o companheiro de equipe Sergio Perez, conquistou uma surpreendente 8ª colocação, lembrando que o mexicano largou em último e fez apenas uma parada para troca de pneus.

A equipe falhou na classificação de sábado e não passou para o (Q3) parte final do treino. Perez teve problemas no câmbio do (C31), o time optou por trocar a peça e com isso ele perdeu posições no grid. Já Kobayashi, pegou tráfego no momento de sua volta rápida e não teve a chance de tentar outra volta lançada.


No GP da Austrália, Kobayashi teve um toque com seu companheiro de equipe na disputa por posições e acabou danificando a asa dianteira do carro de Perez, mais tarde para não bater no carro de Bruno Senna, da (Williams) que havia rodado por causa de um toque com o australiano Daniel Ricciardo, da (Toro Rosso), acabou quebrando parte da asa traseira de seu carro.

Para a próxima etapa da temporada, Kobayashi espera conseguir novamente um bom resultado, a meta é chegar na zona de pontuação, espera-se que o clima quente possa ajudar ainda mais no desempenho do (C31) que este ano não esta tendo tantos problemas de aquecimento dos pneus Pirelli. Com os resultados do final de semana, a Sauber ocupa o 3º lugar no mundial de construtores com 12 pontos.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Jenson Button vence o GP da Austrália...


Na primeira corrida da temporada 2012 da F1, o inglês Jenson Button, da (McLaren) venceu com extrema facilidade a prova disputada neste domingo (18) no circuito Albert Park, em Melbourne. Largando na 2ª posição Button conseguiu superar seu companheiro de equipe Lewis Hamilton que largou na pole ainda na primeira volta e, manteve a corrida sob controle até o final. Pela 3ª vez na carreira, o campeão mundial da F1 de 2009 conquistou o GP da Austrália.

Sebastian Vettel, com a (RBR) chegou na 2ª posição, apesar do carro da equipe austríaca ainda não estar com o mesmo ritmo de corrida da “rival” McLaren, o alemão atual bicampeão da categoria soube controlar a prova e contando com a sorte de campeão para superar o inglês Lewis Hamilton, que chegou em terceiro.


Hamilton que largou na pole, ficou muito tempo atrás do mexicano Sergio Perez e, quando o safety car entrou na pista o piloto da McLaren foi aos boxes e acabou voltando atrás de Vettel, com isso teve sua corrida prejudicada. Mark Webber, piloto da casa chegou em quarto e o espanhol Fernando Alonso, conquistou uma ótima 5ª colocação, pelo menos em ritmo de corrida o (F2012) da Ferrari apresentou um bom resultado.

A prova foi bastante movimentada desde o inicio, o francês Romain Grosjean, que largou na 3ª posição com a Lotus, se envolveu em um acidente na disputa por posições com o venezuelano Pastor Maldonado, da (Williams) e acabou saindo com a pior. No incidente Grosjean teve a suspensão de seu carro quebrada, abandonando a prova logo em seguida. Maldonado vinha fazendo uma ótima corrida porém na última volta errou ao tentar ultrapassar Alonso e bateu forte, perdendo pontos preciosos para o time de Grove.

Outro piloto que vinha fazendo uma bela corrida era o heptacampeão Michael Schumacher, após largar na 4ª posição, o piloto da Mercedes vinha mantendo um ritmo forte na briga por posições, porém um problema no câmbio na 12ª volta o fez abandonar.


O japonês Kamui Kobayashi, tinha uma estratégia de corrida diferente de seu companheiro e chegou em sexto, já o mexicano Sergio Perez que largou em último, fez apenas uma parada e terminou a corrida em oitavo. Excelente resultado para a equipe Sauber, que sai de Melbourne com 12 pontos. No retorno à F1 do finlandês Kimi Raikkonen, o piloto da Lotus conseguiu terminar a corrida na 7ª posição, o campeão de 2007 fez uma corrida de recuperação após largar em décimo sétimo.

Os brasileiros na prova : Felipe Massa e Bruno Senna, não têm o que comemorar, o GP da Austrália foi um corrida para se esquecer, os dois pilotos acabaram se envolvendo em um choque na disputa por posições e com isso os dois acabaram abandonando. Não poderia ser pior o resultado do final de semana, ambos precisam mostrar serviço o quanto antes para manter seus lugares na F1 em 2013.


Bruno não largou bem e quando tentou se recuperar acabou batendo, tendo que ir aos boxes para trocar os pneus. Já Felipe Massa, não conseguiu o mesmo ritmo de corrida do companheiro Alonso que chegou em quinto. Caso a dupla brasileira continue nesta “maré de azar” e sendo superada por seus companheiros de equipe, será dificil para Williams e Ferrari mantê-los no quadro de pilotos titulares. É apenas a 1ª corrida do ano, mas é bom os dois ficarem espertos.


Confira o resultado final do GP da Austrália :

1 - Jenson Button (McLaren) 58 voltas
2 - Sebastian Vettel (RBR) a 2s139
3 - Lewis Hamilton (McLaren) a 4s075
4 - Mark Webber (RBR) a 4s547
5 - Fernando Alonso (Ferrari) a 21s565
6 - Kamui Kobayashi (Sauber) a 36s766
7 - Kimi Raikkonen (Lotus) a 38s014
8 - Sergio Perez (Sauber) a 39s458
9 - Daniel Ricciardo (Toro Rosso) a 39s556
10 Paul di Resta (Force Índia) a 39s848
11 Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) a 57s642
12 Nico Rosberg (Mercedes) a 1 volta

Fotos Getty Imagens e Sutton

sábado, 17 de março de 2012

Lewis Hamilton é pole para o GP da Austrália...

E a primeira pole position de 2012 da F1 ficou mesmo com a equipe McLaren, no treino de classificação que definiu o grid de largada para o GP da Austrália, o inglês Lewis Hamilton confirmou o favoritismo ao marcar a melhor volta do final de semana em 1:24s922. Jenson Button, conquistou a segunda posição em sua última volta rápida, fazendo a dobradinha para a equipe inglesa.

Romain Grosjean em uma atuação digna de um campeão, ficou com a terceira posição, o piloto da Lotus que foi um dos destaques da pré-temporada foi quase perfeito no treino deste sábado e brigou de igual para igual com McLaren e Mercedes. A Lotus acabou superando até mesmo os pilotos da RBR e Ferrari. Porém, Kimi Raikkonen, não conseguiu repetir o resultado do companheiro de equipe e largará apenas na 18ª posição.


Pela Mercedes, o alemão Michael Schumacher surpreendeu seus adversários ao ficar apenas 4 décimos atrás do pole Hamilton, o heptacampeão que liderou a 2ª sessão de treinos livres em Melbourne, largará na 4ª posição. A dupla da RBR, com Mark Webber e Sebastian Vettel, ficou longe de brigar pela pole e largará na 5ª e 6ª posição respectivamente. A equipe austríaca ainda não apresentou um bom desempenho com o (RB8) em 2012, resta saber como em ritmo de corrida o carro estará !

A Ferrari foi a decepção do treino de classificação, já sabíamos que o (F2012) tinha problemas, mas até a sessão de hoje ainda havia esperanças para os fãs da escuderia italiana. Agora é fato ! Felipe Massa e Fernando Alonso com este carro não tem condições de lutar por poles, pelos menos é o que demonstraram. Alonso cometeu um erro ao passar com o carro sobre a grama e acabou parando na caixa de brita, o mesmo erro cometido por Massa no treino de sexta-feira. Mesmo cometendo um erro, Alonso largará na 12ª posição, já Massa na 16ª posição.


Williams, foi a surpresa boa do treino com o venezuelano Pastor Maldonado, que garantiu um lugar no (Q3) com méritos e terminou a sessão de classificação em oitavo. Bruno Senna, ficou com a 14ª posição, ele disse em entrevista à TV brasileira que : “Hoje não fiz uma qualificação muito boa. Faltou um pouco de agressividade na volta. Fui cauteloso demais. Estava muito agressivo no treino livre, baixei um pouco o ritmo e acabei perdendo tempo. Vamos tentar fazer uma corrida sólida e terminar bem” - concluiu.


O treino foi bom para a equipe Toro Rosso, que conseguiu passar para o (Q3) com Daniel Ricciardo, que em 2012 têm um carro em condições de fazer uma boa corrida em casa, o australiano largará na 10ª posição. Kamui Kobayashi, da (Sauber) foi o mais rápido no (Q1), entretanto não conseguiu uma boa volta e foi eliminado no (Q2), o japonês sai na 13ª posição. O GP da Austrália será realizado amanhã a partir das 15:00 horas horário do Japão.


Confira o grid de largada para o GP da Austrália :

1 - Lewis Hamilton (McLaren) 1:24s922
2 - Jenson Button (McLaren) 1:25s074
3 - Romain Grosjean (Lotus) 1:25s302
4 - Michael Schumacher (Mercedes) 1:25s336
5 - Mark Webber (RBR) 1:25s651
6 - Sebastian Vettel (RBR) 1:25s668
7 - Nico Rosberg (Mercedes) 1:25s686
8 - Pastor Maldonado (Williams) 1:25s908
9 - Nico Hulkenberg (Force Índia) 1:26s451
10 Daniel Ricciardo (Toro Rosso) sem tempo

Eliminados na segunda parte do treino: (Q2)

11 Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) 1:26s429
12 Fernando Alonso (Ferrari) 1:26s494
13 Kamui Kobayashi (Sauber) 1:26s590
14 Bruno Senna (Williams) 1:26s663
15 Paul di Resta (Force Índia) 1:27s086
16 Felipe Massa (Ferrari) 1:27s497
17 Sergio Perez (Sauber) sem tempo

Eliminados na primeira parte do treino: (Q1)

18 Kimi Raikkonen (Lotus) 1:27s758
19 Heikki Kovalainen (Caterham) 1:28s679
20 Vitaly Petrov (Caterham) 1:29s018
21 Timo Glock (Marussia) 1:30s923
22 Charles Pic (Marussia) 1:31s670
23 Pedro de la Rosa (HRT) 1:33s495
24 Narain Karthikeyan (HRT) 1:33s643

Fotos Getty Imagens